Rota de Férias

Blog prático para viajantes! Roteiros de viagens e dicas de passeios no Brasil e no mundo, de acordo com o número de dias de estadia e com indicação de especialistas em turismo.

Parques da Universal reabrem em 5 de junho em Orlando

Os parques temáticos da Universal Orlando serão reabertos em 5 de junho, na Flórida. Os centros de lazer Universal Studios e Islands of Adventure serão os primeiros a voltar a funcionar na cidade após a paralisação geral provocada pela pandemia do covid-19.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

SeaWorld Parks & Entertainment e Disney World, outros grandes conglomerados de entretenimento da região, ainda não anunciaram quando reabrirão seus parques. Até o momento, apenas a Disney Springs, área com restaurantes e lojas da Disney World, foi reaberta de forma parcial.

Como será a reabertura da Universal

Durante uma reunião realizada na semana passada entre o Condado de Orange, onde fica Orlando, e da Força Tarefa de Recuperação Econômica da Flórida, o diretor-administrativo da Universal Parks & Resorts, John Sprouls, estabeleceu os detalhes da reabertura dos parques do grupo.

Em 3 e 4 de junho, os centros de lazer receberão convidados e alguns frequentadores que contam com passes anuais para testar as normas de segurança estabelecidas. Entre elas estão o uso de máscara obrigatório e a entrada liberada apenas após a medição de temperatura individual.

No dia 5, os parques voltam a funcionar para o público em geral com capacidade reduzida, para evitar aglomerações. Todos que irão até lá terão de estacionar o próprio carro, já que o serviço de manobrista(que já era usado apenas por uma pequena parte dos visitantes) está suspenso.

Marcações coloridas sinalizadas no chão incentivarão o distanciamento social, tanto nas áreas abertas quanto nas filas das atrações. Todos devem ficar afastados por pelo menos 1,5 metro. Além disso, áreas de interação social mais ativa, como os playgrounds para crianças, estarão fechados.

Os restaurantes também deverão seguir um novo protocolo de segurança. As medidas incluem menus descartáveis, mesas afastadas e o incentivo aos clientes pagarem as contas por meio de aplicativos do celular ou cartões de crédito, deixando as notas em papel de lado.

Mais Conteúdo