Rota de Férias

Blog prático para viajantes! Roteiros de viagens e dicas de passeios no Brasil e no mundo, de acordo com o número de dias de estadia e com indicação de especialistas em turismo.

Saiba o que conhecer durante um cruzeiro pelo Chile

Por ter um litoral extenso e rico, realizar um cruzeiro pelo Chile pode ser uma opção para conhecer os encantos do país. Os 16 portos chilenos receberam, entre 2017 e 2018, um total de 227 cruzeiros, responsáveis por transportar mais de 250 mil passageiros que descobriram a costa chilena nestes dois anos.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Ao optar por conhecer o Chile a bordo do navio, o viajante poderá se encantar com o deserto e com a cultura dos Chinchorros de Arica, conhecer as praias brancas de Iquique, visitar a Cruz do Milênio em Coquimbo, se perder nas coloridas colinas de Valparaíso, aventurar-se pelos lagos e montanhas de Puerto Varas e, para fechar com chave de ouro, desbravar os fiordes e glaciares da Antártida Chilena – tudo isso em um roteiro muito diferenciado.

A seguir, confira cinco portos que contam com passeios imperdíveis para serem feitos em uma viagem de navio no Chile.

Cruzeiro pelo Chile: Porto de Arica

Entre as muitas atrações que a cidade de Arica oferece, uma das que mais se destaca é a paisagem única de suas praias, que tem o deserto do Atacama ao fundo. Vale percorrer o caminho que sobe ao Morro de Arica, colina com uma vista espetacular para o Oceano Pacífico, de um lado, e a região desértica do outro. Em uma visita mais longa, vale visitar o Parque Nacional Lauca, onde fica o vulcão Parinacota, a montanha Nevado Sajama e o lago Chungará.

Para quem é fã de arte, cultura e história, Arica também não decepciona. Lá é possível fazer uma parada na Catedral de San Marco, que foi projetada em metal e madeira pelo famoso arquiteto francês Gustave Eiffel, em 1876. É uma boa oportunidade para descobrir uma cultura pouquíssimo conhecida, mas lembrada por ser uma das mais antigas do mundo: os Chinchorros. As múmias expostas deste povo têm mais de sete mil anos, superando em dois mil anos as egípcias.

O momento ideal para parar no Porto de Arica é no verão, onde os passageiros de cruzeiros podem se maravilhar com as músicas e danças características do Carnaval Andino Con la Fuerza del Sol.

Porto de Iquique

Conhecido por ser um grande centro de pesca, Iquique é um destino turístico pouco conhecido por brasileiros, mas com um potencial enorme a ser explorado, tanto pela sua natureza quanto pelos mistérios que fazem parte da história da cidade. Se seu foco é curtir a natureza, descubra as praias de areias super brancas da cidade, como Cavancha, ponto que não pode faltar no roteiro.

Mas para quem busca algo mais peculiar e extremamente único, o ideal é conhecer o mistério de Humberstone, uma “vila fantasma” no meio do deserto declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, onde antigamente funcionava a maior extração Salitre do mundo – uma espécie de nitrato de potássio usado na fabricação de explosivos.

LEIA MAIS: VEJA SUGESTÕES DE ROTEIRO PELO CHILE
TURISMO DE AVENTURA NA AMÉRICA DO SUL: ATRAÇÕES NO CHILE

Se o tempo permitir, outra opção é conhecer os misteriosos Geoglífos de Pintados, desenhos gigantes encravados pelos ancestrais nas montanhas da Reserva Nacional Pampa del Tamarugal, a uma hora de Iquique.

Porto de Valparaíso

Apelidado de “Joia do Pacífico”, Valparaíso já é bastante conhecida pelos brasileiros que visitam Santiago e tem um tempinho pra dar um pulo na costa chilena. Ao chegar de cruzeiro, a primeira impressão é que a cidade na verdade é uma pintura de arte. Suas centenas de casas coloridas vistas à distância dão um cenário perfeito para belas imagens.

Ao desembarcar no porto, a opção mais certeira é subir as escadarias da baía, observando as centenas de grafites no caminho antes de se encantar com a vista do litoral lá de cima. Se quiser descobrir outros destinos, dá tempo de dar um pulo em Viña del Mar ou Isla Negra, ou até mesmo em Santiago.

Porto de Talcahuano

Primeiro porto militar, industrial e de pesca do Chile, Talcahuano é a porta de entrada para uma das regiões mais saborosas do país. Conhecida pela gastronomia e pelos mercados de pesca, a cidade oferece frutos do mar de cores e formas inusitadas, perfeito para quem curte uma aventura culinária.

Concepción, sua cidade vizinha, conta com bons passeios históricos, mas o destaque fica para a expedição na mina de carvão chamada Chiflón del Diablo, que compreende um complexo enorme de túneis e galerias 50 metros abaixo do mar.

Punta Arenas

No Estreito de Magalhães, Punta Arenas é a porta de entrada para a Antártica Chilena, onde você poderá fazer um dos passeios mais cenográficos da costa do país: uma visita às paisagens intocadas de fiordes e glaciares do extremo sul do continente.

Entre muitas outras alternativas, do porto de Punta Arenas os passageiros podem aventurar-se até o fim do mundo, descobrindo o fiorde Alacalufe e glaciares como o Pía, o Piloto e o Nena; eles ainda terão a chance de se deparar com pinguins e leões marinhos nas dezenas de pequenas ilhas que compõem a região.

E por falar no Chile, confira algumas fotos do país na galeria.

Saiba o que conhecer durante um cruzeiro pelo Chile

Cercada por montanhas, a capital Santiago é uma das portas de entrada para quem quer explorar o Chile. Vale a pena passar alguns dias na cidade e conhecer suas principais atrações - Infozeus on Visual Hunt / CC BY-NC-SA - Infozeus on Visual Hunt / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

Cercada por montanhas, a capital Santiago é uma das portas de entrada para quem quer explorar o Chile. Vale a pena passar alguns dias na cidade e conhecer suas principais atrações - Infozeus on Visual Hunt / CC BY-NC-SA - Infozeus on Visual Hunt / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

Santiago - Infozeus on VisualHunt / CC BY-NC-SA - Infozeus on VisualHunt / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

Santiago - Infozeus on VisualHunt / CC BY-NC-SA - Infozeus on VisualHunt / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

Santiago - a l o b o s on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - a l o b o s on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Santiago - a l o b o s on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - a l o b o s on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Santiago - @bibiweb on Visual hunt / CC BY-NC-ND - @bibiweb on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Santiago - @bibiweb on Visual hunt / CC BY-NC-ND - @bibiweb on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Santiago - Ricardo Zettl Kalkum on Visual hunt / CC BY - Ricardo Zettl Kalkum on Visual hunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Santiago - Ricardo Zettl Kalkum on Visual hunt / CC BY - Ricardo Zettl Kalkum on Visual hunt / CC BY/Rota de Férias/ND

A região da Patagônia chilena é o local perfeito para quem gosta de cenários naturais. Vale a pena conferir locais como o Parque Nacional de Torres Del Paine e Puerto Natales - melenama on VisualHunt / CC BY - melenama on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

A região da Patagônia chilena é o local perfeito para quem gosta de cenários naturais. Vale a pena conferir locais como o Parque Nacional de Torres Del Paine e Puerto Natales - melenama on VisualHunt / CC BY - melenama on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - ashokboghani on VisualHunt.com / CC BY-NC - ashokboghani on VisualHunt.com / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - ashokboghani on VisualHunt.com / CC BY-NC - ashokboghani on VisualHunt.com / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - ashokboghani on Visual Hunt / CC BY-NC - ashokboghani on Visual Hunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - ashokboghani on Visual Hunt / CC BY-NC - ashokboghani on Visual Hunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Christopher.Michel on Visual Hunt / CC BY - Christopher.Michel on Visual Hunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Christopher.Michel on Visual Hunt / CC BY - Christopher.Michel on Visual Hunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Michiel van Nimwegen on Visualhunt / CC BY-NC-ND - Michiel van Nimwegen on Visualhunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Michiel van Nimwegen on Visualhunt / CC BY-NC-ND - Michiel van Nimwegen on Visualhunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - almostsummersky on VisualHunt / CC BY-NC - almostsummersky on VisualHunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - almostsummersky on VisualHunt / CC BY-NC - almostsummersky on VisualHunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Yan Boechat on Visualhunt / CC BY-NC - Yan Boechat on Visualhunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Yan Boechat on Visualhunt / CC BY-NC - Yan Boechat on Visualhunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - deensel on VisualHunt / CC BY - deensel on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - deensel on VisualHunt / CC BY - deensel on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Qu1m on VisualHunt / CC BY - Qu1m on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Qu1m on VisualHunt / CC BY - Qu1m on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Dimitry B on Visualhunt / CC BY - Dimitry B on Visualhunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Dimitry B on Visualhunt / CC BY - Dimitry B on Visualhunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Doug Scortegagna on Visualhunt.com / CC BY - Doug Scortegagna on Visualhunt.com / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Doug Scortegagna on Visualhunt.com / CC BY - Doug Scortegagna on Visualhunt.com / CC BY/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Marek Cyzio on Visual Hunt / CC BY-ND - Marek Cyzio on Visual Hunt / CC BY-ND/Rota de Férias/ND

Patagônia chilena - Marek Cyzio on Visual Hunt / CC BY-ND - Marek Cyzio on Visual Hunt / CC BY-ND/Rota de Férias/ND

Patagônia Chilena - Cocoabiscuit on VisualHunt.com / CC BY-NC-ND - Cocoabiscuit on VisualHunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Patagônia Chilena - Cocoabiscuit on VisualHunt.com / CC BY-NC-ND - Cocoabiscuit on VisualHunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Patagônia Chilena - Miradortigre on Visualhunt.com / CC BY-NC - Miradortigre on Visualhunt.com / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Patagônia Chilena - Miradortigre on Visualhunt.com / CC BY-NC - Miradortigre on Visualhunt.com / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Quem quer conhecer as belezas do deserto do Atacama deve ficar hospedado na cidade de San Pedro de Atacama. De lá, é possível fazer as principais atividades da região, que variam desde visitas a gêiseres até trilhas noturnas para observar o céu mais limpo do mundo - @bibiweb on Visual Hunt / CC BY-NC-ND - @bibiweb on Visual Hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Quem quer conhecer as belezas do deserto do Atacama deve ficar hospedado na cidade de San Pedro de Atacama. De lá, é possível fazer as principais atividades da região, que variam desde visitas a gêiseres até trilhas noturnas para observar o céu mais limpo do mundo - @bibiweb on Visual Hunt / CC BY-NC-ND - @bibiweb on Visual Hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Atacama - pabloneco on Visual hunt / CC BY-NC - pabloneco on Visual hunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Atacama - pabloneco on Visual hunt / CC BY-NC - pabloneco on Visual hunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Mais Conteúdo