Defesa Civil de Joinville lista cuidados antes de tomar banho em rios e cachoeiras

Muitos turistas e moradores aproveitam o verão de Joinville se refrescando em rios e cachoeiras da área rural. No entanto, o lazer pode se transformar em graves acidentes, caso alguns cuidados e recomendações básicas não sejam seguidas.

De acordo com o agente de Defesa Civil de Joinville, Maiko Richter, o excesso de confiança pode ser fatal.“Embora pareçam tranquilos, os rios podem esconder perigos. Aqui em Joinville, os rios constantemente sofrem mudanças em suas configurações, alterando pontos de profundidade e correnteza. Por isso, o banhista deve sempre buscar informações sobre o local com moradores da região, com outros frequentadores ou, até mesmo, procurar locais que já ofereçam infraestrutura”, orienta Richter.

Tomar banho em rios e cachoeiras merece cuidados - Daniel Queiroz/ND
Tomar banho em rios e cachoeiras merece cuidados – Daniel Queiroz/ND

Outro aspecto importante é o cuidado com crianças e idosos. Por serem vulneráveis, devem estar constantemente sob a supervisão de adultos ou responsáveis. E vale lembrar, ainda, que o consumo de bebidas alcoólicas deve ser evitado e, após as refeições, aguardar pelos menos 40 minutos para entrar na água.

Rios mais procurados

Entre as áreas mais procuradas pelos banhistas estão o Rio da Prata, rio Cubatão, Rio Bonito, além de outros locais nas regiões do Piraí e Quiriri.

Dicas nos rios

– Verificar se o local apresenta obstáculos como pedras, troncos e galhos submersos;
– Procure saber sobre as condições climáticas e ocorrência de eventos naturais como enxurradas;
– Ao mergulhar, estique os braços para frente, com as mãos uma sobre a outra, para proteger a coluna e a cabeça.

Mais Conteúdo