Conteúdo por Gazeta Esportiva

Isaquias Queiroz cumpre promessa, conquista o ouro e já está entre os maiores

Baiano de 27 anos fez uma prova irretocável, venceu com sobras e está no rol dos maiores campeões olímpicos do Brasil

O brasileiro Isaquias Queiroz cumpriu a promessa de “suar sangue” pela medalha e se sagrou campeão olímpico no início da madrugada deste sábado (7) – horário de Brasília.

Isaquias Queiroz, com uma demonstração de domínio total de prova, largou junto de seus componentes na C1 1000m dos Jogos Olímpicos de Tóquio, administrou na primeira metade e “explodiu” no final ao deixar todos para trás.

Isaquias Queiroz é campeão olímpico na prova C1 1000m. – Foto: Joane Roriz/COB/divulgaçãoIsaquias Queiroz é campeão olímpico na prova C1 1000m. – Foto: Joane Roriz/COB/divulgação

Além de Isaquias, a final contou com o moldavo Serghei Tarnovschi, o francês Adrien Bart, os chineses Hao Liu e Pengfei Zheng , o alemão Conrad Scheibner, o tcheco Martin Fuksa e o cubano Fernando Jorge.

Uma das grandes esperanças de medalhas para o Brasil, Isaquias Queiroz se disse decepcionado depois de ter ficado com a 4ª posição na competição em dupla, ao lado de Jacky Godmann.

Com a conquista o baiano de 27 anos chegou à sua 4ª medalha olímpica e igualou lendas brasileiras como o ex-nadador Gustavo Borges e o líbero Serginho, do vôlei.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...