Consulado

Grupo Especial

Ouça o samba-enredo da Consulado

 

Clique aqui para baixar.

 

A história da agremiação iniciou em 1976 com a fundação do Bloco Carnavalesco Consulado Samba por empregados da Eletrosul recém-transferidos após a mudança da sede da empresa do Rio de Janeiro para Florianópolis.

Os empregados possuíam forte ligação com a cultura do samba e do carnaval e reuniam-se nas horas de lazer e nos fins de semana na residência de Nivaldo João dos Santos, que veio a se tornar o primeiro presidente. O nome “Consulado do Samba” era uma referência a residência de Nivaldo que ficou conhecida como “Consulado do Rio”. A entidade passou a concorrer no concurso de Blocos de Enredo da cidade, e após 10 anos de sucessivas vitórias, decidiu-se fundar o Grêmio Recreativo e Escola de Samba Consulado em 1986.

Em 1989 sua sede foi transferida do Pantanal para o Saco dos Limões e tendo sido realizada diversas melhorias na quadra poliesportiva existente no coração do bairro.

Em 1991, cinco anos após a fundação, sob a gestão da presidente Dona Iraci Machado Goulart e o vice Antonio Rodrigues de Matos veio o primeiro título com o enredo “Apesar de Tudo”. O bicampeonato foi conquistado no ano seguinte com o enredo “Vôo Noturno” e o tricampeonato em 1993 com o enredo “Um Sopro Sul”.

Em 2005, com o enredo “Da Terra Sem Mal ao Império do Sol o El’Dorado de Aleixo Garcia” a Escola conquistou mais um título reacendendo o orgulho de ser consulense. Ainda em 2005, a quadra foi reformada tornando ainda mais agradável participar dos eventos e ensaios promovidos pelo Consulado. A Escola também resgatou a ideia da época do bloco de trazer, para animar seu pré-carnaval, os grandes intérpretes do carnaval carioca para realização de shows, que foram novamente um grande sucesso.

Em 2006 com o enredo “Praça XV Onde Tudo Acontece” foi conquistado o 5º título da escola, fruto de muito trabalho e dedicação da diretoria e membros da escola. Em 2007 o segundo tricampeonato veio com o enredo “Vinte Luas de Esperança, Vinte Luas de Saudades… Das Matas da Babitonga ao Velho Mundo!”.

Em 2009 o GRES Consulado levou para a passarela o enredo “Com a força da raça! Macunaíma é quilombola em Santa Catarina” e conquistou novamente o 1º lugar. Em 2015 a Escola sofre um duro revés, apesar de realizar um belo desfile sofreu uma penalização por não ter atingido o número mínimo de componentes, que ocasionou o rebaixamento para o grupo de acesso. Em 2016, a agremiação completou 40 anos de história e foi campeã com o enredo “Entre Lutas e Glórias” e confirmou seu retorno ao Grupo Especial do Carnaval de Florianópolis.

Em 2019, com o enredo Où L’amour sera roi (Onde o amor será rei) o Consulado foi em busca do amor, através do personagem Homem de Lata do Mágico de Oz. A escola foi a grande campeã do Carnaval após 9 anos de jejum.

Atual campeã do Carnaval de Florianópolis, em 2020 o Consulado lutará belo bicampeonato com o enredo “Lute como Antonieta”. Antonieta de Barros, professora, jornalista, primeira deputada estadual negra do Brasil e a primeira deputada no Estado será a grande homenageada da Escola no próximo carnaval.