Dascuia

Grupo Especial

Ouça o samba-enredo da Dascuia:

 

Clique aqui para baixar.

 

Foi fundado em 2004 como um bloco de sujos, onde um grupo de homens vestidos de mulher saía para brincar o carnaval em torno da Praça XV de novembro. Durante muito tempo participou do desfile oficial de blocos de enredo do Carnaval de Florianópolis.

Seu nome é uma homenagem a Altamiro José dos Anjos, o popular Dascuia, tradicional figura do Carnaval de Florianópolis, que durante anos escreveu páginas importantes no Carnaval da Capital, presidindo as duas maiores escolas de Samba da Capital: a Protegidos da Princesa e a Embaixada Copa Lord.

Em de Janeiro de 2005, o Bloco resolveu estruturar-se, adotando a denominação
de Associação Esportiva Cultural e Carnavalesca Bloco do Dascuia e transformando-se em num bloco de enredo.

Em janeiro de 2006, os fundadores e toda a comunidade das imediações do Morro do Céu, situado no Centro da Capital Florianópolis, reuniram-se e prepararam em 30 dias o bloco para o desfile na passarela “Nego Quirido”, com o enredo “Na terra do Futebol e do Samba o Bloco do Dascuia da Olé”, enredo esse que levou para avenida aproximadamente 550 componentes divididos em: Bateria, Mestre sala e Porta bandeira e 5 alas de componentes usando camisetas com as cores da bandeira brasileira.

Em 2011 adotou a denominação atual e participou do desfile das Escolas de Samba do Grupo de Acesso em 2012, sagrando-se vice-campeã, com o tema “A Diversidade – Vivemos todos sob o mesmo céu, mas nem todos temos o mesmo horizonte”.

Em 2014 conquistou o título de campeã do grupo de Acesso com o enredo “Preces a Xangô, Kaô Kabecilê! Pai da Justiça e senhor dos raios e trovões”, conquistando também uma vaga entre as escolas de samba do grupo especial de Florianópolis.

Em 2018 conquistou o 3º lugar no Carnaval de Florianópolis.

Em 2020, o enredo escolhido é “Yalodes, Reflexos de Oxum.