Polícia identifica autor do atropelamento no bloco Onodi, em Florianópolis

Atualizado

A Polícia Civil identificou o homem que atropelou cinco adolescentes na saída do bloco Onodi, no Campeche, Sul da Ilha, em Florianópolis. O caso aconteceu no último domingo (22), na região da Lagoa Pequena. Uma das vítimas está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Baia Sul.

Dos cinco adolescentes atropelados, uma segue internada na UTI – Foto: Reprodução

Segundo o delegado João Batista Loss Medeiros, o condutor do veículo foi identificado com base nas investigações da polícia.

O homem de 27 anos é morador do bairro Rio Tavares e deve prestar depoimento ainda nesta quarta-feira (26). De acordo com a polícia, ele assumiu a autoria do crime.

Leia também:

O carro conduzido pelo homem, um Renault Clio, foi apreendido pela polícia e deve passar por perícia até o final desta semana.

Durante a semana, viralizou pelas redes sociais a informação de que o veículo seria um Ford Fiesta com registro de placas de São Paulo, o que foi desmentido pela polícia à reportagem do ND+.

Uma das vítimas, um menino que teve ferimentos no pé, prestou depoimento nesta quarta. Os demais adolescentes devem ser ouvidos na próxima semana.

Adolescente segue internada

Uma das adolescentes atropeladas precisou ser levada ao hospital. Com quadro de traumatismo craniano, a vítima segue internada na UTI do Hospital Baía Sul.

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital nesta quarta-feira (26), o estado de saúde da vítima é estável, mas inspira cuidados.

Mais conteúdo sobre

Carnaval 2020