Lixo do Carnaval de Florianópolis é levado para São José e incomoda moradores

Liga das Escolas de Samba garante que realizará limpeza após transportar todo material

Quase um mês após o término do Carnaval, o lixo que ficou da festa ainda está causando transtornos. A maior parte dos entulhos e das alegorias que estavam no pátio do CentroSul foram transferidos para os galpões das escolas de samba no bairro Real Park, em São José. Mas, além das alegorias, há entulhos espalhados nos terrenos.  Após a reclamação dos moradores, a Prefeitura de São José por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos intimou pessoalmente na manhã desta terça (1º) os proprietários dos barracões e estipulou o prazo de limpeza de 20 dias.

A Liesf (Liga das Escolas de Samba), por meio de sua assessoria de imprensa, informou que o transporte do material ainda está sendo realizado. No pátio do Centro de Convenções o restante dos entulhos devem ser retirados até o fim desta semana. Depois que todos os materiais estiveram em São José, a Liga em conjunto com as escolas de samba realizará a limpeza, já que é de responsabilidade de cada escola o destino de seu material. A definição de quando a limpeza ocorrerá acontecerá nos próximos dias.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Carnaval

Loading...