Garagem 360

Blog automotivo focado em serviços. Novidades, dicas e informações para manter o seu carro sempre em perfeitas condições de uso.


Opinião: Lewis Hamilton é o maior nome da história da Fórmula 1

Opinião: Lewis Hamilton é o maior nome da história da Fórmula 1 - Divulgação/Mercedes-AMG F1

Opinião: Lewis Hamilton é o maior nome da história da Fórmula 1 - Divulgação/Mercedes-AMG F1

Durante o GP de Portugal, realizado na bela pista de Portimão, Lewis Hamilton superou as 91 vitórias de Michael Schumacher e se tornou o maior vencedor de corridas da história da Fórmula 1. Recorde este que durava desde 2006 e que parecia inalcançável. Pois o inglês não só chegou a este número – com a vitória no GP de Eiffel, na Alemanha – como ultrapassou-o no último domingo. Rumo ao sétimo título – que é outro recorde de Schumacher – não é nenhum exagero dizer que Hamilton é sim o maior nome da história da Fórmula 1.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Trajetória de Lewis Hamilton

Quando Hamilton entrou na Fórmula 1, em 2007, pouco se sabia sobre o campeão da GP2 de 2006. Dono de um assento da McLaren, o inglês era um mero coadjuvante na pré-temporada, já que seu companheiro de equipe seria ninguém menos que Fernando Alonso, então bicampeão do mundo pela Renault. Primeiro negro da história da Fórmula 1, Lewis tinha tudo para ser apenas o segundo piloto, mas bateu de frente com Alonso e quase conseguiu ser campeão já em sua temporada de estreia. Erros cruciais nas duas últimas provas daquele ano (China e Brasil) tiraram a conquista por apenas um ponto. Apesar da derrota para Kimi Raikkonen da Ferrari, foi um ano positivo. A primeira vitória veio em sua sexta corrida na categoria, durante o GP do Canadá.

Sem a sombra de Alonso, que voltou à Renault após brigar com Deus e o mundo na McLaren, Hamilton se tornou o protagonista da equipe em 2008. O título parecia ser questão de tempo e, para a tristeza de Felipe Massa e boa parte da torcida brasileira, ele veio na última curva do inesquecível GP Brasil daquele ano. Enfim o mundo se curvava ao campeão Lewis Hamilton.

LEIA MAIS: BMW mostra versão exclusiva do M4 Competition Coupé

Como dirigir nos EUA em 10 passos

Grato pela oportunidade dada pela McLaren, que apadrinhou Lewis ainda no kart e ajudou na construção de sua carreira, o britânico permaneceu na equipe até 2012. De maneira surpreendente, ele anunciou sua ida para a Mercedes em 2013, justamente para ocupar o cockpit de Schumacher. À época o time alemão parecia promissor, mas andava na maior parte do tempo no meio grid. Pontos eram frequentes. Pódios tornavam-se mais comuns. Vitórias eram escassas e só surgiram nas mãos de Nico Rosberg.

Hamilton e o mundo do automobilismo não imaginavam, mas este foi o maior acerto de sua carreira na Fórmula 1.

Títulos frequentes e ativismo

Lewis deixou a McLaren com 21 vitórias e um campeonato do mundo – o último da equipe até aqui. Até lutou pelos campeonatos de 2010 e 2012, mas não foi páreo para o antigo rival Fernando Alonso (então na Ferrari) e Sebastian Vettel (que vivia seu auge na Red Bull). Era preciso uma mudança de ares. E foi justamente o que ele viveu na Mercedes. Em sua nova casa, Hamilton cresceu como piloto e passou a ser cada vez mais importante fora das pistas. Se tornou uma celebridade do mundo e passou a utilizar a sua voz e seu espaço para promover as causas que ele defende, como as bandeiras antirracismo e que pedem mais justiça social.

Enquanto empilhava vitórias (71) e títulos mundiais (5) pela Mercedes, Lewis tornou-se o porta-voz das minorias e virou uma das referências do esporte quando as manifestações antirracismo explodiram no mundo em 2020. Sua equipe abraçou a causa e pintou seus carros de preto para a temporada deste ano.

Ao se posicionar e tomar partido em um esporte conhecido pela alienação de seus participantes, Hamilton mostrou-se como um importante nome no combate às injustiças do planeta. E essas atitudes, aliadas às suas conquistas e ao sucesso na principal categoria do automobilismo, fazem de Lewis Hamilton o maior nome da história da Fórmula 1. Aquele que será lembrado não só pelo sucesso nas pistas, mas também pelas bandeiras que carrega em sua vida.

Hamilton quebra recorde e se torna o maior vencedor de corridas da história da F1 - Foto: Divulgação/Mercedes-AMG F1/Garagem 360/ND
1 3

Hamilton quebra recorde e se torna o maior vencedor de corridas da história da F1 - Foto: Divulgação/Mercedes-AMG F1/Garagem 360/ND

Hamilton quebra recorde e se torna o maior vencedor de corridas da história da F1 - Foto: Divulgação/Mercedes-AMG F1/Garagem 360/ND
2 3

Hamilton quebra recorde e se torna o maior vencedor de corridas da história da F1 - Foto: Divulgação/Mercedes-AMG F1/Garagem 360/ND

Hamilton quebra recorde e se torna o maior vencedor de corridas da história da F1 - Foto: Divulgação/Mercedes-AMG F1/Garagem 360/ND
3 3

Hamilton quebra recorde e se torna o maior vencedor de corridas da história da F1 - Foto: Divulgação/Mercedes-AMG F1/Garagem 360/ND