Trecho da BR-101 entre São José e Palhoça é o que mais registrou acidentes no país em 2020

Santa Catarina ocupa oito entre as dez posições do levantamento que revela as rodovias federais do país onde mais ocorreram acidentes no ano passado

O trecho que compreende o quilômetro 208 da BR-101, no município de São José, é o campeão de acidentes nas rodovias federais de todo o Brasil, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Em média, 200 mil veículos circulam diariamente pela região, na qual foram registradas 65 ocorrências só no último ano. Com o desenvolvimento das cidades no entorno da rodovia, principalmente São José e Palhoça, o trânsito no trecho ficou ainda mais pesado nos últimos anos.

“Ela é como se fosse uma avenida que serve a essas cidades. Nós temos o público de longa distância; os pequenos veículos de carga que querem fazer entregas na região; os moradores que usam a rodovia para ir no pequeno ou até nos grandes comércios que ficam a poucos metros da rodovia; temos os turistas que invadem durante a temporada de verão e nos feriados nacionais; temos pedestres e ciclistas. Todos disputando cada metro da rodovia”, contou o agente da PRF Adriano Fiamoncini.

Trecho da BR-101 entre São José e Palhoça é o que mais registrou acidentes no país em 2020 – Foto: Reprodução/NDTV RecordTVTrecho da BR-101 entre São José e Palhoça é o que mais registrou acidentes no país em 2020 – Foto: Reprodução/NDTV RecordTV

Além do quilômetro 208, outros seis pontos da Grande Florianópolis estão no ranking nacional. O quilômetro 210, também em São José, registrou 62 acidentes e o quilômetro 213, em Palhoça, teve 58 ocorrências registradas. Na lista, estão ainda outros dois pontos de São José e dois de Palhoça. Ao todo, Santa Catarina ocupa oito entre as dez posições do levantamento que revela as rodovias federais do país onde mais ocorreram acidentes em 2020.

Para o presidente do Monatran (Movimento Nacional de Educação no Trânsito), Roberto Bentes Sá, o problema vai além do grande número de pessoas que circulam pela BR-101 na Grande Florianópolis. “Essa rodovia cruza muitas cidades e cidades bem populosas. Cidades que cresceram muito. Então, na beira dessa rodovia, o movimento de pessoas é muito grande. Somado a isso, nós tivemos uma sucessão de erros de planejamento urbano”, disse ele.

O trecho catarinense da BR-101 registrou mais de 2.100 acidentes em 2020. No total, 3.849 veículos se envolveram em colisões, que resultaram em 2.348 feridos e 64 mortos. O conjunto de fatores que faz a rodovia ficar perigosa também desafia a busca por soluções para este trecho.

Trecho catarinense da BR-101 registrou mais de 2.100 acidentes em 2020 – Foto: CBMSC/Divulgação/NDTrecho catarinense da BR-101 registrou mais de 2.100 acidentes em 2020 – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

“Cada ente envolvido tem a sua parcela de responsabilidade, tem que assumir essa posição. E os órgãos de trânsito municipais, estadual e federal precisam conversar para adotar uma solução conjunta que venha a reduzir a acidentalidade nesse trecho”, disse o advogado Ilson Krigger, presidente da Comissão de Direito do Trânsito da OAB-SC (Ordem dos Advogados do Brasil Santa Catarina).

O agente Fiamoncini acredita que o trânsito pode melhorar na região com algumas mudanças: “A curto prazo, o investimento pesado no transporte coletivo, para que as pessoas abandonem um pouco o transporte individual. A médio prazo, a obra da terceira faixa que está sendo feita vai melhorar bastante o fluxo, vai dar mais espaço para os motoristas. E, num prazo mais longo, o Contorno Viário da Grande Florianópolis, que está em construção, que vai separar o trânsito local de moradores do trânsito de passagem, de quem quer ir de Curitiba a Porto Alegre, por exemplo.”

As obras de construção da terceira faixa Norte da BR-101 iniciaram em fevereiro deste ano – com prazo para conclusão total de 12 meses – e investimento de R$ 53,2 milhões por parte da Arteris Litoral Sul. A faixa adicional terá ao todo 15,6 quilômetros – com início no km 216 em Palhoça (trevo com a BR-282) até o km 200,4 em São José.

Já o Contorno Viário será um corredor expresso que vai permitir que o tráfego de longa distância não precise cruzar áreas urbanas da região. A obra deve ser concluída até dezembro de 2023.

Confira mais informações na reportagem do Balanço Geral Florianópolis!

+

BG Florianópolis