VÍDEO: Rubens Barrichello pilota ‘gêmeo’ de Dodongo, Fusca de Jesse e Shurastey

O ex-piloto de Fórmula 1 já havia dirigido o original em um encontro com Jesse e Shurastey, que ficou registrado no YouTube do viajante

O piloto Rubens Barrichello prestou uma homenagem a Jesse Koz, viajante brasileiro que morreu em um acidente de carro nos Estados Unidos. O piloto dirigiu um “gêmeo” de Dodongo, Fusca 1978 que o viajante pilotava pelas Américas.

Rubens Barrichello pilota ‘gêmeo’ de Dodongo, Fusca de Jesse e Shurastey – Foto: @rubarrichello/Reprodução/InternetRubens Barrichello pilota ‘gêmeo’ de Dodongo, Fusca de Jesse e Shurastey – Foto: @rubarrichello/Reprodução/Internet

“Dia de muita emoção, mas o sonho do Jesse foi realizado. Obrigado a todos envolvidos e a família por nos deixar realizar tudo isso”, escreveu Barrichello.

O carro é uma réplica do Fusca, já que o original acabou ficando destruído no acidente, em uma rodovia dos Estados Unidos. Trazer o que sobrou do veículo envolveria muita burocracia, explicou o piloto.

A “voltinha” no Fusca foi gravada para o canal no YouTube Acelerados, em Mogi das Cruzes, São Paulo, e deve ir em breve ao ar. O canal ainda conta com o também piloto Gerson Campos, que compartilhou um vídeo no Instagram sobre a experiência.

Recentemente, Barrichello já havia homenageado Jesse em uma publicação no Instagram, onde relembrou o encontro com o viajante. “Que notícia triste… Nosso Jesse e seu incrível parceiro Shurastey nos deixaram. Esta foto foi feita há 12 semanas, em Orlando. Foi um dia memorável… A energia dos dois juntos era algo tão mágico que cheguei a pensar que se um dia um ficasse sem o outro não conseguiriam sobreviver. Quis o destino que vocês nunca se separassem amigos. Foi um privilégio enorme tê-los conhecido”, escreveu.

Em seu canal, Jesse Koz registrou em vídeo, o dia da visita ao piloto e não escondeu a emoção com o fato de compartilhar o volante do fusca com Rubinho.

A bordo de Dodongo, Jesse saiu de Balneário Camboriú, Litoral Norte de Santa Catarina, acompanhado do Golden Retriever Shurastey. Juntos, eles percorreram as Américas com o objetivo de chegar ao Alaska. No entanto, no dia 24 de maio, em uma rodovia, Jesse perdeu o controle do Fusca e acabou colidindo com outro carro. Ele e Shurastey morreram na hora.

O corpo do viajante veio para o Brasil e foi velado no dia 5 de junho, em uma cerimônia emocionante que reuniu familiares e fãs da dupla. Já Shuuastey foi cremado nos Estados Unidos e as cinzas ainda não vieram para o Brasil, mas, quando chegarem, também haverá uma despedida entre familiares e amigos para o cão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Carros

Loading...