20 anos da NDTV Joinville: informação, solidariedade e prestação de serviço

Com DNA do jornalismo regional, a emissora mantêm forte e estreita relação com a comunidade, além do compromisso com as causas sociais

31 de julho de 2000. Os joinvilenses assistiram pela primeira vez a programação da nova emissora local, hoje a NDTV. A TV foi a primeira no Brasil a ter a concessão diferente do sistema tradicional, um marco histórico para Joinville, que virou assunto em outros veículos de comunicação.

Mário Petrelli, fundador do Grupo ND, ao lado de autoridades no dia da inauguração, 31 de julho de 2000  – Foto: Reprodução imagens de arquivo

Com a presença de empresários, autoridades, políticos, entre eles o então ministro das Comunicações, João Pimenta Veiga Filho, foi inaugurada aquela que na época era a terceira e hoje é uma das sete emissoras do Grupo ND fundado pelo empresário Mário Petrelli.

 “Nós viemos com novo desafio, de fazer televisão aberta com forte relação e grande interação com a sociedade a partir daquele momento. Ao longo desses 20 anos, tivemos grandes conquistas, criamos uma relação espetacular com Joinville, promovemos grandes eventos, grandes festas, como a ao Trabalhador. Criamos formas diferentes de nos relacionar e por tudo isso a emissora é um sucesso”, lembra Silvano Silva, diretor regional da NDTV.

No comando das equipes de reportagem, produtores e pauteiros, uma mulher. Há 20 anos, Drica Fermiano aceitou o desafio de montar a estrutura de jornalismo da emissora na cidade mais populosa de Santa Catarina, começando tudo do zero.

 “A emissora foi, literalmente, montada peça por peça e participar de toda essa história me deixa muito feliz”, disse Drica Fermiano, gerente regional de jornalismo.

Estúdio sendo montado. Ao ao longo dos anos,  ganharam cada vez mais tecnologia e modernidade – Foto: Reprodução imagens de TV

O principal telejornal ao meio-dia mostrava o cotidiano da cidade e os principais fatos.Outro exemplo é o programa Tribuna do Povo com Nilson Gonçalves, que mostrava e ainda exibe os fatos policiais, líder de audiência desde a estreia, em 2000.

Em fevereiro de 2008, o grupo passou a retransmitir sinal da Record TV. Os estúdios também foram renovados ao longo dos anos e ganharam modernidade. A programação foi reformulada para acompanhar a evolução do público e o avanço da tecnologia.

Em 2013, a emissora foi a primeira do interior do Sul do Brasil a produzir, editar e transmitir os programas em alta definição – Foto: Reprodução imagens de TV

Em novembro de 2013, a emissora foi a primeira do interior do Sul do Brasil a produzir, editar e transmitir os programas em alta definição. O canal analógico deixou de existir em dezembro de 2018 e programação passou a ser totalmente digital. A preocupação se mantém em ter os melhores equipamentos para levar aos telespectadores som, imagem e conteúdo de qualidade.

Muita coisa mudou nesses 20 anos, mas uma coisa se mantém: a prestação de serviço à comunidade. Uma TV de Joinville para toda região Norte. Esse é o DNA da emissora, por isso as pautas regionais, com mais de duas horas diárias de conteúdo local pra mais de 30 cidades que fazem parte da área de cobertura.

A emissora também foi pioneira em desenvolver uma ferramenta de comunicação que permitisse a participação do público em tempo real e hoje, enquanto estão no ar, os três programas recebem milhares de mensagens.

E todo o esforço foi recompensado pelo carinho do público. Nos últimos anos, a NDTV manteve a liderança de audiência na maior cidade do Estado. E vai continuar fazendo um jornalismo sério, com credibilidade e voltado aos anseios da população.

Empresário Marcello Petrelli, presidente do Grupo ND – Foto: Reprodução imagens de TV

“Sempre colocamos em Joinville duas premissas muito importantes: a primeira é que comunicação não é poder, comunicação é um serviço. E a segunda é que temos que amar aquilo que nós fazemos e temos que ver o melhor das pessoas e da cidade. A NDTV em Joinville é uma referência para o Grupo ND. É um orgulho para todos nós”, finalizou Marcello Petrelli, presidente do Grupo ND.