Batman do Brasil visitará pacientes em hospital de Rio do Sul

Ele também vai ministrar a palestra motivacional “Eu Sou o Batman”, no dia 17 de maio

Paredes brancas, camas limpas e corações fragilizados. É este o cenário do Hospital Regional de Rio do Sul, que se tornará a “Gotham City” no próximo dia 17 de maio. Cristiano Zanetta, o Batman do Brasil, não vem lutar contra o Coringa ou o Pinguim. O inimigo se esconde em rostos tristes, sequelas de quimioterapias, falta de esperança.

O herói traz reforço. Ele e a “Mulher Gato” visitarão pacientes que realizam quimioterapia na Unidade Hospitalar de Rio do Sul. O objetivo é não deixar que essas pessoas desistam do tratamento. Ao final do dia, moradores são convidados a participar de uma palestra com o criador da “ciência do Batman”.

Durante esta segunda-feira (2), eles visitaram pacientes do setor de oncologia do hemocentro, além de crianças do Hospital Materno Infantil de São Paulo - Divulgação/HCFAMEMA/ND
1 5
Durante esta segunda-feira (2), eles visitaram pacientes do setor de oncologia do hemocentro, além de crianças do Hospital Materno Infantil de São Paulo - Divulgação/HCFAMEMA/ND
Trabalhos são realizados há 15 anos em hospitais de todo Brasil - Divulgação/Cristiano Zanetta/ND
2 5
Trabalhos são realizados há 15 anos em hospitais de todo Brasil - Divulgação/Cristiano Zanetta/ND
Trabalhos são realizados há 15 anos em hospitais de todo Brasil - Divulgação/Cristiano Zanetta/ND
3 5
Trabalhos são realizados há 15 anos em hospitais de todo Brasil - Divulgação/Cristiano Zanetta/ND
Trabalhos são realizados há 15 anos em hospitais de todo Brasil - Divulgação/Cristiano Zanetta/ND
4 5
Trabalhos são realizados há 15 anos em hospitais de todo Brasil - Divulgação/Cristiano Zanetta/ND
Durante esta segunda-feira (2), eles visitaram pacientes do setor de oncologia do hemocentro, além de crianças do Hospital Materno Infantil de São Paulo - Divulgação/HCFAMEMA/ND
5 5
Durante esta segunda-feira (2), eles visitaram pacientes do setor de oncologia do hemocentro, além de crianças do Hospital Materno Infantil de São Paulo - Divulgação/HCFAMEMA/ND

É a primeira vez que Cristiano Zanetta e Simone Pereira, que interpretam o Batman e a Mulher Gato em corredores de hospitais do país, vêm a Rio do Sul.

A visita aconteceria em 2019, mas eles foram impedidos pela pandemia da covid-19. A dupla vai ministrar a palestra motivacional “Eu Sou o Batman”, a partir das 20h, no Centro de Inovação Norberto Frahm. O evento é realizado pelo Hospital Regional da capital do Alto Vale.

Ingresso equivale a 1 quilo de alimento não perecível

Segundo informado pela assessoria de imprensa da Fusavi (Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajai), mantenedora do hospital, a participação será limitada para 600 pessoas.

O ingresso é equivalente a um quilo de alimento não perecível. Ele poderá ser trocado no setor de oncologia da instituição, ou nos postos da Viacredi Alto Vale, de Rio do Sul.

Visitas voltadas a pacientes desanimados

Em entrevista ao portal ND+, Cristiano Zanetta contou detalhes sobre o método desenvolvido. Segundo ele, mais do que recreação, o trabalho é voltado para pessoas que fazem tratamento para câncer, e desenvolveram depressão durante o processo.

“Desenvolvemos trabalhos voltados para empreendedores, na proposta “ciência do Batman”, mas em todos os lugares realizamos visitas sociais que sempre são voltadas para este público”, ilustra Zanetta.

O Hospital Regional Alto Vale atende atualmente 550 pacientes, que passam pelo processo de quimioterapia todos os meses. Serão eles o alvo do trabalho social desenvolvido pelo Batman e a Mulher Gato, em Rio do Sul

Ciência do Batman

A proposta é voltada para empreendedores, vendedores, empresários e outros setores. Segundo o Cristiano Zanetta, a habilidade das técnicas veio da experiência com o trabalho social que ele realiza em áreas oncológicas de hospitais de todo país.

“É ali que há necessidade e urgência de trazer às pessoas atendidas uma nova forma de pensar, de observar a vida e de agir. Muitas vezes a mudança envolve o enfrentar de momentos extremamente difíceis, de uma forma corajosa e decidida”, explica.

Como tudo começou

Traumas, terror noturno e dislexia. Foram as vivências da infância que trouxeram a força que Cristiano precisava para se tornar o Batman dos hospitais.

Um começo exatamente igual ao principal pilar da técnica que ele desenvolve hoje em palestras.

O início não foi fácil. Ele chegou a ser barrado, precisou entrar escondido em hospitais e, inclusive, era ridicularizado por alguns familiares.  A popularização do filme ajudou. Hoje o personagem é reproduzido por instituições do Brasil.

Quem é Cristiano hoje

Cristiano Zanetta é membro convidado da Oncologia do Hospital São José e condecorado pelo Exército Brasileiro. Além disso, é palestrante e criador da modalidade de treinamento “Super Hero”.

Ele capacita, por ação, motivação e raciocínio operacional que considera “o emocional de cada um”.

Nas Redes Sociais, Batman e Mulher Gato divulgam os trabalhos realizados em hospitais do Brasil – Vídeo: Divulgação/Arquivo Pessoal/ND

+

Anjos da saúde

Loading...