Bolsonaro defende exploração de recursos em terras indígenas

Projeto de lei foi protocolado em fevereiro de 2020 e segue em análise no Congresso

Ao atender a imprensa na tarde desta segunda-feira (15) em São Francisco do Sul, Litoral Norte catarinense, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre o projeto de lei que busca regulamentar a exploração de recursos minerais hídricos e orgânicos em reservas indígenas.

Ele está na cidade desde sábado (13), onde passa os dias de folga com a família no Forte Marechal Luz.

Em entrevista, Bolsonaro falou sobre a situação no colapso da saúde no Oeste catarinense – Foto: Reprodução/Record TVEm entrevista, Bolsonaro falou sobre a situação no colapso da saúde no Oeste catarinense – Foto: Reprodução/Record TV

Protocolado no fevereiro do ano passado, o projeto 191/20 define algumas condições específicas como para a pesquisa e lavra de recursos mineiras, como ouro e minério de ferro, e de hidrocarbonetos, como petróleo e gás natural; e para aproveitamento hídrico de rios para geração de energia elétrica nas reservas.

Atualmente, as atividades só podem ser realizadas em terras indígenas após autorização. O assunto voltou a repercutir após Bolsonaro pedir pela priorização do projeto ao Congresso.

Segundo o presidente, ele beneficiará de maneira positiva os índios.

“Hoje em dia a mineração é feita de forma clandestina. Não adianta eu pensar e falar: tem que ir atrás de quem está ilegalmente. A Amazônia é maior que a Europa Ocidental e dezenas de países. Nós queremos regularizar isso. E para o índio até ganhar dinheiro em cima disso”, enfatiza em entrevista à Record TV.

Além disso, ele alega que isso ajudará a integrar o índio à sociedade. “E, para nós, isso é muito bom, porque o índio deixará de ser isolado e cada vez mais se integrará à sociedade”, pontua.

Bolsonaro em Santa Catarina

Desde sábado (13), o presidente passa dias de folga, acompanhado da família, no Forte Marechal Luz, em São Francisco do Sul. A expectativa é de que ele deixe a cidade nesta quarta-feira (17). Esta é a segunda vez que Bolsonaro visita a cidade.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Cidadania