Capital do lixo: greve da Comcap chega ao 14º dia e o reflexo é assustador

Com a coleta comprometida, lixo se multiplica pelas vias e em todos os cantos de Florianópolis

A greve estipulada pelos trabalhadores da Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital) já se estende no seu 14º dia. A prefeitura municipal, na intenção de mitigar os impactos da falta de recolhimento de lixo, contratou empresas terceirizadas.

O domingo (31), além de mais um dia de trabalho paralisado, foi marcado por manifestação pró-servidores pelas ruas da região continental da capital. Eles saíram do bairro Estreito e passaram pela Beira-Mar Continental. Eles são contra a lei aprovada pela câmara municipal de autoria do Executivo que reduz privilégios dos trabalhadores da autarquia.

Enquanto os grevistas não retornam às atividades, o resultado trazido pelas empresas contratadas pela prefeitura para realizar o trabalho de maneira paliativa, são pouco efetivos. Veja imagens:

Rua Esteves Jr, na tarde deste domingo (31), na região central de Florianópolis – Foto: Fabio Gadotti/ND
1 11
Rua Esteves Jr, na tarde deste domingo (31), na região central de Florianópolis – Foto: Fabio Gadotti/ND
Lixo espalhado no Centro de Florianópolis: cena comum em tempo de greve da Comcap que já dura 14 dias – Foto: Fabio Gadotti/ND
2 11
Lixo espalhado no Centro de Florianópolis: cena comum em tempo de greve da Comcap que já dura 14 dias – Foto: Fabio Gadotti/ND
Servidão Amantino Cameu, no bairro Rio Tavares, em Florianópolius – Foto: Diogo de Souza/ND
3 11
Servidão Amantino Cameu, no bairro Rio Tavares, em Florianópolius – Foto: Diogo de Souza/ND
Servidão Amantino Cameu, no bairro Rio Tavares; cena comum pelas ruas de Florianópolis, independente da região ou bairrio – Foto: Divulgação/ND
4 11
Servidão Amantino Cameu, no bairro Rio Tavares; cena comum pelas ruas de Florianópolis, independente da região ou bairrio – Foto: Divulgação/ND
Avenida Patrício Caldeira de Andrade, no bairro Abraão, região continental da capital. – Foto: Divulgação/ND
5 11
Avenida Patrício Caldeira de Andrade, no bairro Abraão, região continental da capital. – Foto: Divulgação/ND
Cena comum na capital: lixo acumulado por onde é possível passar. – Foto: Divulgação/ND
6 11
Cena comum na capital: lixo acumulado por onde é possível passar. – Foto: Divulgação/ND
Rua Jaíro Callado, região central da capital e o que mais é possível enxergar: lixo. – Foto: Diogo de Souza/ND
7 11
Rua Jaíro Callado, região central da capital e o que mais é possível enxergar: lixo. – Foto: Diogo de Souza/ND
Avenida do Antão, já no maciço do Morro da Cruz – Foto: Diogo de Souza/ND
8 11
Avenida do Antão, já no maciço do Morro da Cruz – Foto: Diogo de Souza/ND
Lixo acumulado na Transcaieira do Saco dos Limões; cenário se repete em todos os cantos de Florianópolis. Foto: divulgação/ND
9 11
Lixo acumulado na Transcaieira do Saco dos Limões; cenário se repete em todos os cantos de Florianópolis. Foto: divulgação/ND
Rua Anita Garibaldi, região central de Florianópolis, neste domingo (31) – Foto: Fabio Gadotti/ND
10 11
Rua Anita Garibaldi, região central de Florianópolis, neste domingo (31) – Foto: Fabio Gadotti/ND
Rua Dom Jaime Câmara, também no centro de Florianópolis; capital virou um lixão a céu aberto – Foto: Fabio Gadotti/ND
11 11
Rua Dom Jaime Câmara, também no centro de Florianópolis; capital virou um lixão a céu aberto – Foto: Fabio Gadotti/ND
+

Cidadania

Loading...