Chapecó recebe 5ª Parada LGBTQIA+ no domingo, confira programação

Evento que reúne cerca de 10 municípios do Oeste Catarinense deve contar com público de 5 mil pessoas

A Parada LGBTQIA+ de luta contra preconceitos, por mais respeito às diversidades, chega a sua quinta edição no município de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. No domingo (26), a partir das 15h, cerca de cinco mil pessoas de 11 municípios do Oeste devem participar da caminhada.

Cerca de 5 mil pessoas de 11 municípios do Oeste devem participar da caminhada. – Foto: Reprodução/UNA LGBT Chapecó/NDCerca de 5 mil pessoas de 11 municípios do Oeste devem participar da caminhada. – Foto: Reprodução/UNA LGBT Chapecó/ND

A concentração da Parada será na Praça Coronel Bertaso, a marcha segue pela avenida Getúlio Vargas e termina seu percurso no Cubo Multicultural, na avenida Fernando Machado. Trajeto já consolidado nos anos anteriores, realizados em 2016, 2017, 2018 e 2019. Foram dois anos sem o evento em função da pandemia de Covid-19.

Para a edição deste ano, foram confirmadas caravanas dos municípios de Caçador, Concórdia, Herval d’Oeste, Joaçaba, Pinhalzinho, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Xaxim e Xanxerê. Além de municípios do estado do Paraná e Rio Grande do Sul.

A quinta edição do maior evento do gênero na região, realizada pela UNA LGBT (União Nacional LGBT) de Chapecó, carrega o tema “Que amanhã não seja só um ontem” – referência à música ‘AmarElo’ dos artistas Emicida, Pabllo Vittar e Majur.

A Parada LGBTQIA+ tem como tema “Que amanhã não seja só um ontem”  — Foto: Reprodução/UNA LGBT Chapecó/NDA Parada LGBTQIA+ tem como tema “Que amanhã não seja só um ontem”  — Foto: Reprodução/UNA LGBT Chapecó/ND

A programação conta com atrações culturais, diálogo com o Serviço de Atenção Especializada, com mais de cem profissionais de saúde inscritos, para informações sobre saúde e uma tenda com venda de artigos da entidade.

Ao final da caminhada, terá uma festa no Cubo Multicultural, para o qual serão vendidos ingressos no local do evento. O valor arrecadado será revertido  para auxiliar nos custos da Parada.

Segundo a Presidente da UNA LGBT Chapecó, Carol Listone, o principal objetivo é dar visibilidade para a comunidade LGBTQIA+. “Queremos reconectar o Brasil com as ruas, com a democracia”, explica.

Curso para profissionais de saúde

Fomentada pela Parada, a Secretaria de Saúde de Chapecó, em parceria com a UNA LGBT, promoveram uma formação aos profissionais de saúde.

O curso ocorre em 23 e 24 de junho e 04 e 18 de agosto, e deve contar com Agentes Comunitários de Saúde e Centros de Saúde da Família. A formação para os profissionais é sobre assuntos acerca do seu processo de trabalho e o olhar para as diversidades.

O curso foi preparado com a metodologia de oficinas, incluindo dinâmicas para melhor preparar os profissionais para as atividades desenvolvidas no processo de trabalho.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Cidadania

Loading...