Depois de intubado, morador de SC ajuda a construir sede dos bombeiros para agradecer

Seu Nei foi atendido pelos bombeiros de São Francisco do Sul quando mais precisou e encontrou uma forma de retribuir a ajuda

Gratidão é uma palavra que virou moda, estampa camisetas e volta e meia aparece nas redes sociais. Mas como, afinal, colocar em prática esse ato? Em São Francisco do Sul, no Litoral Norte de Santa Catarina, um morador deu um bom exemplo dessa tarefa.

Seu Nei recebeu uma placa em agradecimento ao seu trabalho – Foto: Arquivo pessoal/NDSeu Nei recebeu uma placa em agradecimento ao seu trabalho – Foto: Arquivo pessoal/ND

Tudo começou quando Jucenei Luiz Alencar, de 63 anos, foi contaminado pela Covid-19 em junho de 2020. Morador da praia do Ervino, ele acabou passando mal por causa da doença e precisou de socorro médico. Foi quando a esposa dele acionou os bombeiros, que vieram imediatamente.

“Parece que eles estavam esperando no portão, foram meus anjos”, relembra seu Nei, como é mais conhecido. Transferido para Joinville, ele ficou intubado por 17 dias. “Foi Deus que me trouxe de volta para esse mundo”, agradece.

Depois de parcialmente recuperado, ele foi liberado para voltar para casa. “Eu só mexia os olhos, saí na maca. Perguntaram se minha esposa tinha condições de cuidar de mim em casa e ela cuidou”, diz. Seu Nei também teve o apoio de um fisioterapeuta, que o ajudou a recuperar os movimentos.

“Ele tratou de mim e disse que eu tinha que me esforçar para ter uma vida normal, que só dependia de mim”, destaca. E foi pensando também em uma forma de se recuperar fisicamente que o idoso decidiu fazer algo para agradecer os bombeiros que o socorreram meses antes.

Seu Nei, acompanhado de outras pessoas, ajudou a construir a nova sede – Foto: Arquivo pessoal/NDSeu Nei, acompanhado de outras pessoas, ajudou a construir a nova sede – Foto: Arquivo pessoal/ND

Da intubação para a obra: o efeito da gratidão

Seu Nei ficou dois meses sem sair de casa porque não conseguia andar e guarda com carinho um vídeo que mostra alguns dos primeiros passos na praia após a recuperação.

Um dia, quando já conseguia firmar os pés no chão, passou em frente ao terreno da nova sede dos bombeiros militares na praia do Ervino e viu uma pessoa trabalhando na construção sozinha. Foi aí que pensou em uma forma de agradecer os profissionais pelo atendimento ágil e eficiente quando precisou.

“Me ofereci para ser voluntário e não acreditaram que eu ia trabalhar sem ser pago. Falei que ia ficar até inaugurar, que não ia abandonar, e assim eu fiz, foram três meses e meio”, fala.

A nova sede do Corpo de Bombeiros Militar da localidade foi inaugurada no dia 19 de março, com direito a convite e homenagem ao voluntário. “Fizeram até uma plaquinha com meu nome e me presentearam. Eu fiquei muito grato por isso”, ressalta.

Gratidão também após a obra

A gratidão que fez seu Nei ajudar na obra é a mesma gratidão com que, agora, a comunidade o agradece.

“Ele pegou junto e não largava. Se deixasse, ele amanhecia e a gente tinha que mandar ele embora”, diz Silvia Medeiros, presidente da Associação de Moradores da Praia do Ervino. “Ele foi uma benção de Deus que apareceu na hora em que nós mais precisávamos”, acrescenta.

Nova sede dos bombeiros militares na praia do Ervino foi inaugurada em março – Foto: Arquivo pessoal/NDNova sede dos bombeiros militares na praia do Ervino foi inaugurada em março – Foto: Arquivo pessoal/ND

A nova base é um avanço construído com a ajuda de toda a comunidade a partir de rifas, eventos e doações. “Para nós, é uma honra muito grande ter essa estrutura nova, sempre houve muita necessidade. Além disso, é uma motivação grande ter essa resposta da comunidade, como a do seu Nei, que pra nós é um presente muito grande”, destaca o soldado Cristhian Limbacher.

Seu Nei pegou gosto por ajudar os outros e, mesmo com a conclusão da obra, continua ajudando quem precisa onde vive. “Tenho uma gratidão enorme e procuro aproveitar cada momento”.

*Com informações de Ronaldo Daros, repórter da NDTV

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.