Escolas de Florianópolis podem se inscrever para curso com a Defesa Civil até o final de maio

Nas aulas são ensinados primeiros socorros, prevenção de acidentes, combate à dengue e outros temas voltados à autoproteção, além de noções de sociabilidade

As escolas de Florianópolis, públicas ou privadas, que abrangem turmas a partir do 5º ano do ensino fundamental, têm até o final deste mês para se inscrever e receber, na instituição de ensino, o projeto Defesa Civil Vai à Escola, ministrado pelos agentes do órgão.

Projeto ensina às crianças e adolescentes qual é o papel e a atuação da Defesa Civil municipal – Foto: PMF/Divulgação/NDProjeto ensina às crianças e adolescentes qual é o papel e a atuação da Defesa Civil municipal – Foto: PMF/Divulgação/ND

O programa ensina às crianças e adolescentes qual o papel e a atuação da organização, ressalta o coordenador do projeto, Samuel Vidal.

“Pela nossa experiência anterior com outros cursos e aulas oferecidas à comunidade, percebemos que as pessoas têm dificuldades para entender o que é a Defesa Civil, como é feito o trabalho, então nossa intenção é justamente esclarecer e fazer esse trabalho com os alunos, que podem levar já essas informações para casa, para os pais e familiares”, explica.

Nesse sentido, ele conta que o curso é dividido em quatro temas, o primeiro é justamente para explicar esse conceito sobre o órgão. O segundo se refere à percepção de riscos. “Falamos sobre o cenário, sobre o local em que eles vivem, para que tenham noção do que observar, do que pode representar risco em casa, nos seus ambientes de convívio”, diz Vidal.

As aulas abordam ainda o que é um desastre natural e as principais ocorrências históricas já registradas em Santa Catarina.

Por último, são repassadas as informações sobre a legislação que regulamenta esse trabalho, ações de prevenção, dicas de segurança e ainda iniciativas importantes e necessárias hoje para o combate à dengue, já que o município está hoje em situação de emergência devido ao aumento do número de focos encontrados e de casos registrados.

O secretário de Segurança Pública de Florianópolis, Araújo Gomes, acrescenta que as aulas serão oferecidas de forma atrativa, para os estudantes interagirem com as equipes.

“A Defesa Civil está preparando um curso com atividades participativas, lúdicas e associadas a diferentes disciplinas. Esta é uma medida para agirmos preventivamente em espaços educacionais e levar, desde cedo, para as crianças e adolescentes, ensinamentos sobre segurança e senso coletivo nestes espaços. O objetivo é tornar Florianópolis uma capital referência em autoproteção no Brasil”, explica.

Núcleos comunitários e tropa especial

Em paralelo a esse projeto realizado nas escolas municipais, a Defesa Civil de Florianópolis dá continuidade a cursos que complementam essas medidas.

Apenas no último ano, o órgão formou mais de cem voluntários, que fazem parte de dez núcleos comunitários, localizados no Norte, Centro, Sul da Ilha e maciço do Morro da Cruz e que ajudam os agentes quando há ocorrências nestas localidades.

Além destes núcleos, também há a tropa especial composta por 35 pessoas, voluntárias, que foi formada também em dezembro de 2021. “Essa equipe já nos ajudou nas últimas chuvas que afetaram Florianópolis, no início deste mês, e foram ainda prestar ajuda para Anitápolis, que foi a cidade mais atingida. Os núcleos comunitários têm o perfil de prevenção e orientação, quando há um desastre, por exemplo, são os primeiros que chegam por já estarem inseridos nas comunidades e que tomam essas primeiras ações, acionam a Defesa Civil ou os órgãos competentes. Já a tropa de elite de voluntários atua diretamente no desastre e faz todo o suporte de mão de obra qualificada e treinada que necessitamos. Os três cursos se complementam, para alcançarmos o objetivo maior que é a autoproteção em todo om município”, ressalta Araújo Gomes.

Um dos objetivos das aulas é proporcionar que as crianças levem os conhecimentos adquiridos aos seus pais e familiares – Foto: PMF/Divulgação/NDUm dos objetivos das aulas é proporcionar que as crianças levem os conhecimentos adquiridos aos seus pais e familiares – Foto: PMF/Divulgação/ND

Como se inscrever

As inscrições podem ser feitas por diretores ou coordenadores pedagógicos pelo e-mail dcvaiaescola@gmail.com até o dia 31 de maio. O programa tem duração de quatro encontros, com duas horas semanais de aulas. Após o encerramento das aulas será realizado um simulado de evacuação de ambientes com os alunos, funcionários e professores, sendo que o mesmo será conduzido pelos alunos que fizeram o curso e supervisionado pelos agentes de Defesa Civil.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

+

Prefeitura de Florianópolis

Loading...