Gean Loureiro explica como fica a coleta de lixo em Florianópolis durante greve da Comcap

Equipe do Balanço Geral Florianópolis conversou com o prefeito, que explicou quais providências a prefeitura está tomando para que a população não fique sem o serviço

Os trabalhadores da Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital) decidiram pela manutenção da greve em Florianópolis nesta quarta-feira (22). A continuidade foi deliberada em assembleia realizada pela categoria pela manhã. Com a paralisação, a coleta de lixo nas regiões atendidas pela autarquia no município está suspensa.

“A coleta de lixo nas regiões onde a empresa privada já realiza o serviço continua normal. Então, toda a região continental e Norte da Ilha, incluindo o Rio Vermelho, as pessoas podem ficar tranquilas, colocar o seu lixo no horário determinado, que vai ser recolhido”, tranquilizou Loureiro.

Paralisação da Comcap entra no segundo dia com novo ato no Centro – Foto: Reprodução/NDParalisação da Comcap entra no segundo dia com novo ato no Centro – Foto: Reprodução/ND

Segundo o prefeito, “nas demais regiões da cidade, está suspensa a atividade em função da greve do sindicato”. A orientação do Município é que os moradores não coloquem lixo na rua até que o serviço seja normalizado.

“A Prefeitura já publicou ontem um edital de chamamento para empresas privadas que desejem realizar [a coleta de lixo], pelo menos no valor que é realizado pela empresa terceirizada no Continente e no Norte, possam apresentar suas propostas para iniciar imediatamente. Ou seja, mesmo com a greve, nós vamos pagar metade do valor da Comcap em todas as regiões de Florianópolis”, informou Gean Loureiro.

Confira mais informações na reportagem do Balanço Geral Florianópolis.

+

BG Florianópolis

Loading...