Igreja monta tapete de Corpus Christi ‘diferente’ em Blumenau

Materiais tradicionalmente utilizados como areia, pó de café, serragem, sementes e tinta foram deixados de lado neste ano em prol de uma ação social

Neste ano, o tradicional tapete de Corpus Christi foi montado de uma forma diferente na Paróquia Nossa Senhora da Glória, em Blumenau, no Vale do Itajaí.

Materiais tradicionalmente utilizados como areia, pó de café, serragem, sementes e tinta, deram lugar a roupas, cobertores e alimentos doados pela comunidade local.

Igreja de Blumenau monta tapete de Corpus Christi com roupas e alimentos doados – Foto: Divulgação/Paróquia Nossa Senhora da GlóriaIgreja de Blumenau monta tapete de Corpus Christi com roupas e alimentos doados – Foto: Divulgação/Paróquia Nossa Senhora da Glória

Em função da pandemia do coronavírus, esse foi o segundo ano consecutivo que a paróquia montou o tapete “diferente”. A peça foi confeccionada no interior da igreja, por ministros da Eucaristia.

De acordo com o padre Walmir Gomes, a ação atende a determinação que proíbe a confecção do tapete na rua. Além disso, desde o ano passado, o número de pessoas necessitadas aumentou, segundo o pároco. “Dessa forma podemos frutificar o Corpus Christi com uma ação concreta”, disse o pároco.

As roupas, cobertores e alimentos serão doados às quase 40 famílias assistidas pela paróquia. Ainda segundo o padre, apenas durante a ação de Corpus Christi foram arrecadados cerca de meia tonelada de donativos.

Igreja de Blumenau monta tapete de Corpus Christi com roupas e alimentos doados - Divulgação/Paróquia Nossa Senhora da Glória
1 2

Igreja de Blumenau monta tapete de Corpus Christi com roupas e alimentos doados - Divulgação/Paróquia Nossa Senhora da Glória

Igreja de Blumenau monta tapete de Corpus Christi com roupas e alimentos doados - Divulgação/Paróquia Nossa Senhora da Glória
2 2

Igreja de Blumenau monta tapete de Corpus Christi com roupas e alimentos doados - Divulgação/Paróquia Nossa Senhora da Glória

“O sentimento é de gratidão… por termos uma comunidade que caminha junto, que responde ao apelo e que percebe a necessidade daqueles que necessitam. Há muita gente boa que se coloca no lugar do outro.”, finaliza Walmir Gomes.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Cidadania