Mistério cerca desaparecimento de três crianças na madrugada em Florianópolis

Irmãos foram encontrados na casa de um homem, duas quadras da servidão Maurílio Nunes, que foi o local do desaparecimento

Um mistério cerca o desaparecimento de três irmãos na madrugada desta quarta-feira (15), no bairro Rio Vermelho, em Florianópolis.

A Polícia Civil encontrou na manhã desta quarta as três crianças na casa de um homem, duas quadras da servidão Maurílio Nunes, que foi o local do desaparecimento. Os irmãos são: um menino, de 4 anos; e duas meninas gêmeas, de 9 anos.

Suspeito presta esclarecimentos para o delegado Nivaldo Claudino, da 8ª DP, nesta manhã – Foto: Arquivo/Daniel Queiroz/NDSuspeito presta esclarecimentos para o delegado Nivaldo Claudino, da 8ª DP, nesta manhã – Foto: Arquivo/Daniel Queiroz/ND

O homem foi conduzido para a 8ª delegacia no bairro Ingleses, Norte da Ilha. Ele é ouvido agora pela manhã pelo delegado Nivaldo Claudino. Segundo a autônoma Bruna Reis, que é vizinha das vítimas, as crianças foram encontradas em boa situação de saúde. “Aparentemente, elas estão com saúde e não sofreram agressões”, comentou a vizinha.

O delegado Wanderley Redondo, titular da delegacia de desaparecidos, tomou ciência do caso logo após o registro da ocorrência. “De acordo com o relatado pela mãe em outra delegacia, as crianças estavam na sua companhia em um ato religioso durante essa madrugada. Foi quando começou uma discussão e as crianças desapareceram. Segundo o que a mãe registrou na ocorrência, uma vizinha teria visto as crianças com um andarilho”, comentou.

As crianças sumiram perto das 3h da madrugada. A família é natural do Rio Grande do Sul. Eles residem na Capital catarinense há quatro anos.

Quem tiver mais informações sobre o caso pode repassá-las para a Polícia Civil por meio do e-mail: desaparecidos@pc.sc.gov.br; ou pelos telefones (48) 3665-5591/92/93.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Cidadania

Loading...