Fabio Gadotti

fabio.gadotti@ndmais.com.br Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Nova carteira de identidade vai reduzir “erros, fraudes e golpes”, diz diretor do IGP

Giovani Adriano conversou com a coluna sobre o projeto pioneiro do novo RG que começa a ser implantado no início de novembro

Pioneiro, o projeto do novo RG único vai começar a ser implantado no início de novembro pelo Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina.

Segundo o diretor-geral Giovani Adriano, vai eliminar “de forma significativa os erros e fraudes” e pode abrir caminho para um sistema integrado nacional.

Quais as principais vantagens do novo RG único, projeto pioneiro do governo do Estado que vai ser lançado no início de novembro?
A criação da identidade a partir da fusão do CPF com o RG vai eliminar de forma significativa os erros e fraudes nos cadastros de identificação pelo Brasil e diminuir os golpes com base em documentos falsos.

Giovani Adriano, diretor-geral do Instituto Geral de Perícias de SC – Foto: Mauricio Vieira/Divulgação/Secom/NDGiovani Adriano, diretor-geral do Instituto Geral de Perícias de SC – Foto: Mauricio Vieira/Divulgação/Secom/ND

Hoje cada um dos 27 Estados tem seu próprio número estadual de identificação e isso abre grande precedente para fraudes, principalmente pela falta de comunicação entre os órgãos emissores.

Outra grande vantagem para a população é o fato de que em Santa Catarina os dois documentos mais presentes em nossas vidas agora terão apenas uma única numeração.

Como vai funcionar essa transição na prática? Os documentos atuais vão valer até quando?
A nova carteira de identidade com número único para RG e CPF será lançada no dia 3 e o IGP começará a emiti-la a partir do dia 8. É importante destacar que o novo documento não invalida os anteriores. A população pode ficar tranquila. As pessoas podem buscar a renovação das carteiras sem urgência.

Para fazer a transição para a plataforma do novo RG vamos bloquear no site os agendamentos para atendimento presencial entre os dias 3 e 5. A suspensão é necessária para capacitação das equipes na emissão do documento com a nova rotina, além de crucial para encerramento da fila de produção dos últimos documentos com o formato atual e a virada de chave do sistema.

A iniciativa abre caminho para um modelo de identificação nacional integrado? Qual a perspectiva disso se tornar realidade e em qual prazo?
Se replicado em todos os Estados, o projeto desenvolvido pelo IGPSC integrará todos os sistemas ao banco de dados da Receita Federal, tendo o CPF como única chave de consulta.

No futuro, com o documento vinculado ao número único nacional do CPF, e atrelado à biometria hoje utilizada na carteira de identidade, vai garantir máxima segurança ao sistema de identificação civil.

O IGP dá o primeiro passo para que esse sonho se torne realidade em âmbito nacional.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...