Projeto distribui absorventes e atua para quebrar tabus sobre menstruação em Joinville

Voluntárias oferecem absorventes a mulheres de comunidades vulnerabilizadas na maior cidade de Santa Catarina

A pobreza menstrual tem sido cada vez mais debatida e, em Joinville, no Norte de Santa Catarina, um projeto tem auxiliado mulheres nessa questão que nada tem a ver com educação ou cuidado com higiene, mas sim com acesso a algo básico, mas tão inacessível a algumas pessoas.

Voluntárias distribuem absorventes e estimulam a educação sobre o assunto – Foto: Gladionor Ramos/NDTVVoluntárias distribuem absorventes e estimulam a educação sobre o assunto – Foto: Gladionor Ramos/NDTV

O projeto MenstruAção oferece absorventes a mulheres de comunidades vulnerabilizadas e também trabalha a educação em relação ao tema para quebrar qualquer tabu que ainda possa existir sobre o assunto, tudo a partir do trabalho voluntário.

Nesta semana, por exemplo, as voluntárias estiveram no bairro Morro do Meio. “Vai além do absorvente. A gente sai com blocos para anotar dúvidas porque é preciso ter uma educação menstrual para vencer o tabu e o preconceito que existem sobre o tema”, fala Elis Nhaia, idealizadora do projeto.

A dona de casa Rosibeli Oliveira já sentiu na pele a falta do absorvente. “Tenho uma filha de 14 anos que faltou que tinha acabado o absorvente recebido na igreja. Naquele dia, ela tinha R$ 10 para comprar, mas já teve momentos de não ter. É uma situação de muitas mães e filhas”, conta.

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), uma em cada quatro mulheres já faltou à aula por não ter absorventes e 48% delas não revelaram o motivo à época.

Como o projeto é voluntário, precisa de doações de absorventes, que podem ser doados em vários locais. Confira os pontos de coleta:

Confira os pontos de coleta – Foto: Projeto MenstruAçãoConfira os pontos de coleta – Foto: Projeto MenstruAção

*Com informações de Dani Lando, repórter da NDTV Joinville

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Cidadania

Loading...