Protestos de 7 de setembro devem ocorrer em 11 cidades do Sul de SC; veja quais

Os protestos marcados para o dia 7 de setembro devem ocorrer em 11 cidades do Sul de SC e deverá se estender para a BR-101 com ao menos três bloqueios devido a paralisação de caminhoneiros; veja

Pelo menos 11 cidades do Sul de Santa Catarina devem registrar protestos durante esta terça-feira (7), Dia da Independência do Brasil. Em Criciúma, o ato está marcado para iniciar as 9h na com saída da rua José Henrique Mezzari, a Rua da Gente, ao lado do Parque das Nações, no bairro Próspera.

Uma passeata será realizada pelas ruas da cidade. Além de Criciúma, atos estão previstos para ocorrer em Forquilhinha, Araranguá, Braço do Norte, Imbituba, Laguna, Morro da Fumaça, Orleans, Sombrio, Tubarão e Turvo.

Na pauta dos protestos está o pedido de impeachment de ministros do STF (Superior Tribunal Federal) e pela aprovação do voto impresso auditável.

O desfile de 7 de setembro em Criciúma foi adiado para o dia 15 de novembro e protesto devem marcar a data – Foto: DivulgaçãoO desfile de 7 de setembro em Criciúma foi adiado para o dia 15 de novembro e protesto devem marcar a data – Foto: Divulgação

“Vai ser uma manifestação pacífica, o que está mais pedindo é exoneração dos ministros do STF para que cumpram a constituição, pessoal revoltado com a censura e nunca houve tanta interferência do STF na presidência como agora”, explica uma das incentivadoras do protesto, a advogada e coordenadora no sul da Embratur (Agência Brasileira de Promoção do Turismo), Júlia Zanatta.

Protesto solidário contra o presidente será realizado em Criciúma

O 27º Grito dos Excluídos, que acontece sempre durante os desfiles de 7 de setembro, ocorrerá de forma diferenciada em Criciúma. De acordo com comunicado do partido PSTU, que organiza a mobilização, a ação faz parte do movimento ‘Fora Bolsonaro’ e ocorrerá na periferia da cidade.

Uma panfletagem seguida de distribuição de alimentos ocorrerá a partir das 9h. A concentração do evento ocorre no Centro Comunitário do bairro Montevidéu, em Criciúma.

“Leve sua bandeira, seu cartaz e 1kg de alimento não perecível”, destaca o comunicado do protesto.

Protestos devem ocorrer, também, na BR-101 no Sul de SC

Os protestos marcados para todo o Brasil devem ganhar a BR-101 no Sul de Santa Catarina. Sem participação de sindicatos, diversos caminhoneiros devem parar e organizam bloqueios de caminhões em ao menos três pontos. Produtos perecíveis, ambulância e afins irão poder passar pelos bloqueios.

A intenção do movimento é bloquear os caminhoneiros na BR-101 em um trecho de Araranguá. Porém outros grupos de caminhoneiros devem fazer o mesmo em Tubarão, Santa Rosa do Sul, Sombrio e possivelmente em Maracajá no Sul de SC.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) está monitorando os chamamentos de protestos para a rodovia. Caso haja interdição da BR-101 os policiais irão negociar com os manifestantes para que dure o menor tempo possível, como é o procedimento nesses casos.

Confira as cidades e locais das manifestações:

  • Araranguá – Relógio do Sol, às 14h
  • Braço do Norte– CTG Estância do Vale, às 14h
  • Criciúma – Rua da Gente, junto ao Parque das Nações, às 9h
  • Forquilhinha– Em frente da Assembleia de Deus, às 9h
  • Imbituba – Praça Henrique Lage, às 15h
  • Laguna – Posto Binha, às 8h
  • Morro da Fumaça– Carreata e sai na antiga Moliza, (horário não informado)
  • Orleans- Posto Noma Emma, às 14h30
  • Sombrio– Ginásio Rogério Valerim, às 9h
  • Tubarão – Arena Multiuso, às 15h
  • Turvo – Parque de Exposições, às 7h30
+

Cidadania

Loading...