Quem é a maior celebridade de Joinville; veja fotos e vote

Portal ND+ traz uma lista de celebridades de Joinville e precisa da sua ajuda para escolher a principal

Joinville, no Norte de Santa Catarina, tem tanta gente famosa né? O Portal ND+ ousou fazer uma lista de celebridades de Joinville, mas precisa da sua ajuda para escolher a principal.

Certamente, outras pessoas brilhantes habitaram ou habitam essa terra. Mas a lista abaixo traz nomes reconhecidos não apenas localmente, mas nacional e internacionalmente. No dia 22 deste mês, a maior celebridade do município será revelada aqui no Portal e também na programação da NDTV Record Joinville.

Confira o minicurrículo de cada celebridade e vote.

Enquete
Quem é a maior celebridade de Joinville?
  • Jacaré Fritz (30%)
  • Monsenhor Bertino Weber (27%)
  • Ádria Santos (20%)
  • Juarez Machado (6%)
  • Mário Avancini (4%)
  • Nardela (4%)
  • Luiz Henrique da Silveira (3%)
  • Sabrina Aguiar (3%)
  • Baterista Duda (1%)
  • Fritz Alt (1%)
  • Nilson Gonçalves (1%)
  • Luiz Henrique Schwanke (0%)
  • Amanda Richter (0%)
  • Karina K (0%)
Carregando ... Carregando ...

VEJA AS FOTOS E UMA BIOGRAFIA RESUMIDA DE CADA UM

Juarez Machado. Nascido em 16 de março de 1941, é um artista plástico reconhecido internacionalmente, com trabalhos de destaque como pintor, escultor, desenhista, caricaturista, mímico, designer, cenógrafo, escritor, fotógrafo e ator. – Foto: Divulgação/ND
1 14
Juarez Machado. Nascido em 16 de março de 1941, é um artista plástico reconhecido internacionalmente, com trabalhos de destaque como pintor, escultor, desenhista, caricaturista, mímico, designer, cenógrafo, escritor, fotógrafo e ator. – Foto: Divulgação/ND
Luiz Henrique Schwanke. Nascido em 16 de junho de 1951, é formado em comunicação social, é autodidata em desenho, pintura e escultura. Desde o fim dos anos 1970, foi presença constante em exposições e salões nacionais. Atuou também como dramaturgo, ator e cenógrafo. Morreu aos 40 anos. – Foto: Divulgação ND
2 14
Luiz Henrique Schwanke. Nascido em 16 de junho de 1951, é formado em comunicação social, é autodidata em desenho, pintura e escultura. Desde o fim dos anos 1970, foi presença constante em exposições e salões nacionais. Atuou também como dramaturgo, ator e cenógrafo. Morreu aos 40 anos. – Foto: Divulgação ND
Mário Avancini é escultor autodidata, reconhecido como um dos mais importantes nomes da escultura catarinense. É natural de Rodeio, mas veio morar cedo em Joinville. Morreu em 1992, deixando um legado de 2.700 peças. Algumas podem ser encontradas na Casa da Cultura e Museu de Arte de Joinville.- Foto: Arquivo pessoal/Divulgação ND
3 14
Mário Avancini é escultor autodidata, reconhecido como um dos mais importantes nomes da escultura catarinense. É natural de Rodeio, mas veio morar cedo em Joinville. Morreu em 1992, deixando um legado de 2.700 peças. Algumas podem ser encontradas na Casa da Cultura e Museu de Arte de Joinville.- Foto: Arquivo pessoal/Divulgação ND
Luiz Henrique da Silveira, advogado e político brasileiro. Das 13 eleições que disputou, perdeu apenas uma. Foi prefeito de Joinville por dois mandatos, governador de Santa Catarina, senador e ministro da Ciência e Tecnologia. Luiz Henrique morreu em Joinville no dia 10 de maio de 2015, vítima de infarto. – Foto: Agência AL/ND
4 14
Luiz Henrique da Silveira, advogado e político brasileiro. Das 13 eleições que disputou, perdeu apenas uma. Foi prefeito de Joinville por dois mandatos, governador de Santa Catarina, senador e ministro da Ciência e Tecnologia. Luiz Henrique morreu em Joinville no dia 10 de maio de 2015, vítima de infarto. – Foto: Agência AL/ND
Fritz Alt, artista plástico. Nascido na Alemanha e radicado no Brasil, passou a maior parte da sua vida em Joinville. Muitos de seus trabalhos estão expostos pela cidade, tais como o Monumento do Imigrante, na praça da Bandeira, dedicado ao centenário de Joinville, o busto da Dona Francisca, na Rua das Palmeiras. – Foto: Divulgação ND
5 14
Fritz Alt, artista plástico. Nascido na Alemanha e radicado no Brasil, passou a maior parte da sua vida em Joinville. Muitos de seus trabalhos estão expostos pela cidade, tais como o Monumento do Imigrante, na praça da Bandeira, dedicado ao centenário de Joinville, o busto da Dona Francisca, na Rua das Palmeiras. – Foto: Divulgação ND
Amanda Richter é uma atriz e apresentadora brasileira. Saiu de Joinville aos 14 anos, quando foi trabalhar de modelo em São Paulo. Depois, morou na Ásia e, quando voltou, se mudou para o Rio de Janeiro. Interpreta a personagem Chaya na novela Gênesis.  – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação/ND
6 14
Amanda Richter é uma atriz e apresentadora brasileira. Saiu de Joinville aos 14 anos, quando foi trabalhar de modelo em São Paulo. Depois, morou na Ásia e, quando voltou, se mudou para o Rio de Janeiro. Interpreta a personagem Chaya na novela Gênesis.  – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação/ND
Eduarda Henklein, nascida em 8 de agosto de 2009, é a mais jovem baterista do Brasil. De tão famosa, a joinvilense já foi convidada a se apresentar em programas de TV nos Estados Unidos, Colômbia, México, Alemanha, Austrália, na Itália e Holanda. – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação ND
7 14
Eduarda Henklein, nascida em 8 de agosto de 2009, é a mais jovem baterista do Brasil. De tão famosa, a joinvilense já foi convidada a se apresentar em programas de TV nos Estados Unidos, Colômbia, México, Alemanha, Austrália, na Itália e Holanda. – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação ND
Karina k é cantora. Natural de Curitiba, foi em solo catarinense que a artista lançou vários de seus trabalhos. Foi em Joinville, por exemplo, que em 2007 ela se apresentou junto a Ivete Sangalo após ser convidada pela cantora baiana para dividir o palco. Já tem mais de 15 anos de trajetória. – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação ND
8 14
Karina k é cantora. Natural de Curitiba, foi em solo catarinense que a artista lançou vários de seus trabalhos. Foi em Joinville, por exemplo, que em 2007 ela se apresentou junto a Ivete Sangalo após ser convidada pela cantora baiana para dividir o palco. Já tem mais de 15 anos de trajetória. – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação ND
Jacaré Fritz ganhou fama após ser flagrado diversas vezes no rio Cachoeira, em Joinville. Em 2015, um jacaré com características do Fritz foi encontrado morto em um braço do rio Cacheira, mas, como não tinha marcação, ninguém pode afirmar com certeza que o corpo era dele. Mesmo assim, o Fritz virou personagem famoso, e dá nome até para pizzaria na cidade – Foto: Divulgação ND
9 14
Jacaré Fritz ganhou fama após ser flagrado diversas vezes no rio Cachoeira, em Joinville. Em 2015, um jacaré com características do Fritz foi encontrado morto em um braço do rio Cacheira, mas, como não tinha marcação, ninguém pode afirmar com certeza que o corpo era dele. Mesmo assim, o Fritz virou personagem famoso, e dá nome até para pizzaria na cidade – Foto: Divulgação ND
Reinaldo Antônio Baldessin, o Nardela. Caiu nas graças da torcida se tornando um dos maiores ídolos da história do JEC. Com passagem ininterrupta de dez anos (de 80 a 90) e mais um ano meio na segunda passagem (de 92 a 94), Nardela deixou uma marca de 130 gols em 680, mesmo não sendo jogador de área. – Foto: Fabrício Porto/ND
10 14
Reinaldo Antônio Baldessin, o Nardela. Caiu nas graças da torcida se tornando um dos maiores ídolos da história do JEC. Com passagem ininterrupta de dez anos (de 80 a 90) e mais um ano meio na segunda passagem (de 92 a 94), Nardela deixou uma marca de 130 gols em 680, mesmo não sendo jogador de área. – Foto: Fabrício Porto/ND
Ádria Rocha Santos, natural de Nanuque,  norte de Minas Gerais, mora em Joinville desde 2003. É um dos maiores exemplos de força e superação no esporte. Com deficiência visual desde o nascimento, Ádria é a maior medalhista feminina paralímpica do Brasil, conforme o Comitê Paralímpico Brasileiro. – Foto: Divulgação ND
11 14
Ádria Rocha Santos, natural de Nanuque,  norte de Minas Gerais, mora em Joinville desde 2003. É um dos maiores exemplos de força e superação no esporte. Com deficiência visual desde o nascimento, Ádria é a maior medalhista feminina paralímpica do Brasil, conforme o Comitê Paralímpico Brasileiro. – Foto: Divulgação ND
Monsenhor Bertino Weber, 83 anos, já realizou mais de 30 mil batizados e 5 mil casamentos. O padre atua há 54 anos na Catedral de Joinville – igreja que ajudou a construir e onde reúne amigos de todos os cantos da cidade. É conhecido por ser um homem simples, inteligente, carismático e atualizado nas questões do mundo. – Foto: Divulgação ND
12 14
Monsenhor Bertino Weber, 83 anos, já realizou mais de 30 mil batizados e 5 mil casamentos. O padre atua há 54 anos na Catedral de Joinville – igreja que ajudou a construir e onde reúne amigos de todos os cantos da cidade. É conhecido por ser um homem simples, inteligente, carismático e atualizado nas questões do mundo. – Foto: Divulgação ND
Sabrina Aguiar, 41 anos. É repórter e apresentadora da NDTV Record Joinville. Também comanda o Programa Painel da Rádio Jovem Pan Joinville e é uma das principais colunistas do Portal ND+ . Além da competência, é uma mulher inspiradora, humilde, forte e carinhosa. Tem como missão de carreira informar, somar e compartilhar histórias. – Foto: Juliano Masselai/NDTV
13 14
Sabrina Aguiar, 41 anos. É repórter e apresentadora da NDTV Record Joinville. Também comanda o Programa Painel da Rádio Jovem Pan Joinville e é uma das principais colunistas do Portal ND+ . Além da competência, é uma mulher inspiradora, humilde, forte e carinhosa. Tem como missão de carreira informar, somar e compartilhar histórias. – Foto: Juliano Masselai/NDTV
Nilson Gonçalves é advogado, foi político (vereador e deputado por Joinville) e hoje apresenta o Programa Tribuna do Povo, da NDTV Record Joinville, líder de audiência há décadas. Carismático e um dos principais nomes da televisão catarinense. Apaixonado pela família, por Joinville e por motociclistas. – Foto: Fabrício Porto/ND
14 14
Nilson Gonçalves é advogado, foi político (vereador e deputado por Joinville) e hoje apresenta o Programa Tribuna do Povo, da NDTV Record Joinville, líder de audiência há décadas. Carismático e um dos principais nomes da televisão catarinense. Apaixonado pela família, por Joinville e por motociclistas. – Foto: Fabrício Porto/ND
+

Cidadania

Loading...