Resgatistas pedem que pessoas não subam montanhas na Páscoa; entenda por quê

Segundo o Grupo de Resgate em Montanha, é tradição no feriado de Páscoa subir montanhas, mas a prática deve ser evitada neste ano

Muitas pessoas aproveitam o feriado de Páscoa em Joinville e outras cidades da região para subir montanhas, fazendo da prática praticamente uma tradição.

GRM pede que pessoas não subam montanhas nesta Páscoa – Foto: GRMGRM pede que pessoas não subam montanhas nesta Páscoa – Foto: GRM

Porém, neste ano, o Grupo de Resgate em Montanha, geralmente acionado para resgatar pessoas que se machucam ou se perdem nessas áreas, alerta para que as pessoas não subam montanhas no feriado.

A equipe aponta dois motivos: um é que o montanhismo envolve riscos e um acidente pode sobrecarregar ainda mais o sistema de saúde durante o agravamento da pandemia da Covid-19, além de promover chances de infecção ao acidentado.

O outro motivo é que, apesar do topo de uma montanha ser imaginado como um local isolado, muitos locais recebem muitas pessoas em fins de semana e feriados, tendo como consequência o risco da transmissão do vírus.

Além disso, o GRM não fará plantão neste feriado. “Fique em casa, pense no coletivo”, reforça o grupo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.