Saque do FGTS é confirmado para famílias atingidas por enchente em Joinville

Benefício estará disponível após Defesa Civil repassar informações para a Caixa Econômica Federal sobre bairros afetados pela chuva de virada do ano

O saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi confirmado, nesta quarta-feira (27), para as famílias atingidas pela chuva que caiu em Joinville, no Norte de Santa Catarina, durante a noite de réveillon.

41 deslizamentos foram atendidos pela Defesa Civil em Joinville – Foto: Rogério da Silva/Prefeitura de Joinville41 deslizamentos foram atendidos pela Defesa Civil em Joinville – Foto: Rogério da Silva/Prefeitura de Joinville

A confirmação ocorreu após publicação de portaria pelo governo Federal, que reconheceu a situação de emergência decretada pelo município após a enchente.

Durante esta semana, a Defesa Civil irá repassar para a Caixa Econômica Federal as informações sobre os bairros afetados.

Depois disso, a Caixa inclui os dados no sistema e os trabalhadores poderão solicitar a liberação FGTS pelo aplicativo do banco.

Os detalhes de como ter acesso ao recurso, informa a assessoria da prefeitura, serão divulgados assim que o benefício estiver disponível.

Prefeitura pode pedir recursos para obras

A partir da publicação da Portaria, a Defesa Civil e a Secretaria de Infraestrutura Urbana de Joinville (Seinfra) podem pleitear recursos junto ao governo Federal para obras emergenciais.

Imóveis comerciais e prédios públicos foram afetados. Além disso, houve dano na rede pluvial e o sistema de macrodrenagem de algumas ruas foi danificado. Em todas as regiões de Joinville foram registrados pontos de alagamento.

A chuva começou por volta das 22h do dia 31 de dezembro de 2020. Em aproximadamente seis horas, o acumulado chegou a 169 milímetros. Três residências precisaram ser interditadas e 41 deslizamentos foram atendidos pela Defesa Civil.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Cidadania