Sete de Setembro: comemorações são adaptadas em meio à pandemia

Com desfiles cancelados, algumas cidades preparam programações especiais para celebrar a data; além disso, maioria das cidades contará com lojas abertas, mas sem transporte público

Nesta segunda-feira (7) é comemorada a Independência do Brasil, ou seja, a data em que o país deixou de ser colônia de Portugal em 1822. Porém, este ano, o dia que celebra os 198 anos do marco histórico será comemorado de forma diferente.

Santa Catarina não contará com os tradicionais desfiles devido a pandemia – Foto: Arquivo/Daniel Queiroz/ND

Devido a pandemia de Covid-19, Santa Catarina cancelou os tradicionais desfiles cívico-militar. Outras cidades como Chapecó e Joinville, por exemplo, já haviam anunciado a suspensão do evento devido ao novo coronavírus.

Porém, para não deixar a data passar em branco, o Estado promoverá atividades a distância na rede estadual de educação. Além disso, uma campanha virtual será promovida pela Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Geral de Perícias.

“Essa medida é importante para que a saúde seja preservada em razão da pandemia da Covid-19, mas todo cidadão catarinense pode comemorar o 7 de setembro hasteando uma bandeira defronte a sua residência ou mesmo em suas janelas. Desta forma, nós brasileiros honramos o dia da nossa independência”,  conta o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial de Santa Catarina, Paulo Koerich.

Outras cidades do Estado também criaram formas diferentes de celebrar o 7 de setembro. Além disso, apesar de ser feriado nacional, o comércio também estará aberto para atendimento do público nesta segunda.

O nd+ separou uma lista de como será o 7 de setembro nas principais cidades do Estado. Confira:

Em Joinville, Bombeiros Voluntários farão homenagens a data – Foto: Fapesc/Divulgação/ND

Joinville

A maior cidade do Estado em número de habitantes já havia cancelado o tradicional Desfile da Independência do Brasil no mês de julho. O evento encerra as comemorações da Semana da Pátria e, em 2019, reuniu mais de 2 mil pessoas.

Porém, algumas entidades vão aproveitar o dia para fazer apresentações especiais através da internet. Uma delas são os Bombeiros Voluntários de Joinville.

A Banda Sinfônica da corporação irá apresentar uma live às 19h como forma de homenagear as entidades que participariam do momento cívico. Na apresentação, coordenada pelo maestro Jonatas Costa e o regente Geraldo Garcia da Rosa, serão tocadas nove composições, entre elas as músicas Aquarela do Brasil”, que fará menção ao 62º Batalhão da Infantaria; “Star Wars” (The Force Awakens) será executada para as forças de segurança; “Cartoon Simphony” e “Adele In Concert”, que por sua vez, serão dedicadas às escolas.

A apresentação será transmitida nas páginas do Facebook, Youtube e Instagram do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville.

Apesar do feriado, o comércio permanecerá aberto na cidade. Nas lojas de rua, o horário de funcionamento pode ser estendido até as 19h. Já em shoppings, as lojas podem funcionar das 12h às 20h.

Os serviços da prefeitura, como o Centro de Triagem, por exemplo, ficarão fechados nesta segunda. Apenas permanecem abertos hospitais e unidades de Pronto Atendimento.

O transporte público também não funcionará.

Desfile Cívico será adiado para 2021. – Foto: Paulo Monauar/ADR Chapecó/ND

Chapecó

Em Chapecó, no Oeste do Estado, o tradicional Desfile Cívico de 7 de setembro também foi cancelado. Esta é a primeira vez que o evento, que reúne cerca de 5 mil participantes, não acontecerá na cidade.

Entre as atividades realizadas para homenagear a data, está o hasteamento da bandeira do Brasil em todas as escolas da rede municipal. O ato ocorreu na sexta-feira (4) e não contou com a presença de autoridades. 

Outras cidades do Oeste do Estado também realizaram eventos e atos simbólicos para celebrar a data.

O transporte coletivo também não funcionará em Chapecó no feriado, assim como os demais serviços da Prefeitura. Apenas funcionam nesta segunda Ambulatórios, Unidades de Pronto Atendimento, abrigos, albergues e a Central de Resgate Social.

Em Blumenau, também não haverá desfile – Foto: Marcelo Martins/Prefeitura de Blumenau

Blumenau

Blumenau também não contará com o tradicional desfile cívico por conta da pandemia do novo coronavírus. Porém, haverá atos cívicos em quatro pontos da cidade como forma de celebrar a data.

Os veteranos do 23º Batalhão de Infantaria, acompanhados de autoridades, farão o hasteamento da bandeira do Brasil na Praça Victor Konder, no Paço Municipal, no mastro na Avenida Beira-Rio, em frente à Prefeitura, na Praça da Paz, idealizada pelos clubes de Rotarys da cidade e no Mausoléu Dr. Blumenau.

Os atos vão ocorrer simultaneamente, às 8h, mas na Praça Victor Konder haverá um cerimonial para marcar a celebração. Os hasteamentos não contarão com presença de público.

Além disso, alguns serviços também não funcionarão nesta segunda, como o transporte coletivo e a Prefeitura. Já o comércio abrirá para atendimento, assim como supermercados.

A Central do Coronavírus, no Parque Vila Germânica, e hospitais também permanecem abertos.

Em Florianópolis, não haverá transporte coletivo nesta segunda – Foto: Anderson Coelho/ND

Florianópolis

A Capital também terá restrições em alguns serviços devido ao feriado da independência. Assim como em outras cidades, o transporte coletivo também não circulará nesta segunda.

No comércio, de acordo com a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), não há um alinhamento sobre o funcionamento ou não das lojas de rua no feriado. Já os shoppings, abrirão nesta segunda mas com horários diferenciados.

Serviços ligados à prefeitura de Florianópolis, como a Comcap e as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) funcionarão no feriado. Já Pró-Cidadão, Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e o Procon funcionarão de forma remota.

Não foram divulgadas informações sobre atos simbólicos em alusão a data.

Em Itajaí, bandeiras verdes e amarelas serão penduradas ao longo da Avenida Beira Rio – Foto: Prefeitura de Itajaí

Itajaí

Em Itajaí, no Litoral Norte, o tradicional desfile será substituído por bandeiras verdes e amarelas penduradas ao longo da Avenida Beira Rio.

Em relação aos serviços municipais, a Secretaria de Obras atuará em caráter de plantão durante o feriado. Outras secretarias, autarquias e fundações municipais não atenderão na segunda, retornando o expediente na terça-feira.

Já a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do CIS (Centro Integrado de Saúde), no bairro São Vicente, vai atender casos de urgência e emergência, de crianças e adultos com sintomas respiratórios graves. O Centro Ambulatorial de Triagem para Coronavírus, também no CIS, atenderá no feriado casos suspeitos de COVID-19.

A UPA do bairro Cordeiros vai atender adultos com outros sintomas, e as crianças devem ser atendidas na Unidade de Atendimento Infantil, no bairro São João.

As demais unidades de saúde, centros especializados, farmácia municipal, Centreventos de Itajaí e outros órgãos administrativos da Secretaria de Saúde estarão fechados na segunda-feira.

O comércio também estará aberto durante o feriado. As lojas funcionam das 14h às 20h.

Balneário Camboriú, também no Litoral, contará com um evento especial para celebrar a data. O desfile será substituído pela execução do hino nacional pelas ruas da cidade com um ônibus aberto. A homenagem inicia às 10h na Avenida Atlântica e encerra na Barra, às 14h.

E o tempo?

O feriado será de tempo nublado e com chances de chuva em boa parte do Estado. Segundo a Defesa Civil, a chuva pode atingir as cidades localizadas no Litoral Sul, Grande Florianópolis e Litoral Norte.

A combinação de umidade e ar quente também favorece chances de chuva isolada no Planalto Sul e Meio-Oeste. Nas demais áreas, dia com sol e algumas nuvens.

Já as temperaturas devem permanecer amenas durante a manhã no Oeste, Planaltos, Vale e Litoral. Já durante a tarde, no Oeste e Planalto Norte, as temperaturas sobem chegando entre 26 ºC e 30ºC.

+

Cidadania