VÍDEO: garis ajudam a achar R$25 mil no lixo na Ilha de SC

Equipe de coleta viveu situação inusitada ao revirar sacos de lixo em busca do dinheiro; valor foi jogado fora por engano por morador de Florianópolis

Sacos de lixos revirados e um tesouro localizado. A equipe de coleta da Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital) viveu uma situação inusitada na tarde desta quarta-feira (3).

Os trabalhadores auxiliaram um morador do bairro Ingleses, no Norte da Ilha de Santa Catarina, a encontrar R$ 25 mil que foram parar no caminhão de lixo por engano.

De acordo com a Comcap, a equipe foi abordada pelo morador por volta das 16h, enquanto fazia o roteiro da coleta na região dos Ingleses em direção ao Santinho.

O homem relatou aos garis que andava com receio de ser assaltado e, por isso, embrulhou as economias numa rede de vôlei e as colocou dentro de um saco de lixo preto. Como a coleta não estava sendo regular, pensou que não teria problema em deixar a quantia no saco.

Contudo, a equipe da Comcap apareceu para retirar o acumulado e o morador teria se atrapalhado, jogando fora justamente o saco com o dinheiro.

A equipe foi abordada pelo morador cerca de cinco minutos depois da coleta dos materiais. Segundo a Comcap, os garis pararam o trabalho e começaram a procurar o saco.

A gari temporária Geovana Duarte Farias precisou, inclusive, levantar a concha e revirar os sacos para chegar ao tesouro perdido.

O motorista do caminhão, Jair Silva Filho, contou que a situação foi tão tensa e emocionante que só deu tempo de registrar o pequeno vídeo e fazer uma foto da gratidão do usuário.

Nas imagens, o morador aparece escorado em um contêiner, enquanto os garis procuram o dinheiro. Ele chora e apoia a cabeça na mão, visivelmente preocupado com a situação.

Foram 20 minutos de angústia até localizar o valor. O estimado saco preto foi finalmente devolvido ao dono. Com o dinheiro em mãos, ele abraçou a gari Geovana em agradecimento.

Morador abraçou a gari Geovana em agradecimento – Foto: Comcap/Divulgação/NDMorador abraçou a gari Geovana em agradecimento – Foto: Comcap/Divulgação/ND

Além de Geovana e Jair, os heróis do morador anônimo são os garis Elaine Bernardo, Jeferson Ferreira da Cruz e José Augusto da Silva.

Volta ao trabalho

Os trabalhadores da Comcap encerraram a greve na manhã da última segunda-feira (1º). Com o fim da greve, a Comcap retomou os serviços de coleta de resíduos sólidos e limpeza pública.

Após 14 dias de paralisação da autarquia, 275 trabalhadores, entre motoristas e garis, se dividem em 24 equipes no turno da manhã, sete à tarde e outras 24 durante a madrugada para dar conta do volume de lixo.

Até esta terça-feira (2), já haviam sido recolhidas 1,6 tonelada de lixo. A quantidade é quatro vezes a média diária que seria de 600 toneladas.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Cidadania