Ator de “Me Chame pelo Seu Nome” radicaliza após acusações de canibalismo e estupro

Armie Hammer se internou em uma clínica de reabilitação nos EUA; ele perdeu projetos como o de estrelar um filme com Jennifer Lopez e de uma série sobre 'O Poderoso Chefão'

O ator Armie Hammer, de 34 anos, famoso pelo filme “Me Chame pelo Seu Nome” (2017), está internado em uma clínica de reabilitação na Flórida, nos Estados Unidos, desde o fim de maio deste ano. As informações são da revista norte-americana Vanity Fair.

Ator de "Me Chame pelo Seu Nome" radicaliza após acusações de canibalismo e estuproAtor está internado por tempo indeterminado em clínica – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Conforme o site, ele procurou a clínica para tratar os vícios em drogas, álcool e sexo. Ele entrou em contato com a ex-esposa, Elizabeth Chamber, para informar que estava deixando as ilhas Cayman, no Caribe, para se tratar. A decisão foi apoiada por Chamber.

O ator morava no local desde março. Na época, uma mulher procurou a imprensa junto a advogada para denunciar Hammer. Ela acusou o ator de “estuprá-la violentamente” em 2017, por quatro horas. Golpes na cabeça, entre outras agressões, foram citadas. O Departamento de Polícia de Los Angeles investiga o caso.

Outras acusações vieram à tona dois meses antes, em janeiro. Na ocasião, várias mulheres denunciaram o ator, por meio das redes socais, de abuso emocional, manipulação e violência. Supostas capturas de tela mostram Hammer se classificando como “100% canibal” e descrevendo fantasias envolvendo estupro.

Exclusão

Com as denúncias, o ator abandonou uma série de projetos. Dentre eles, uma comédia romântica que seria estrelado junto a atriz e cantora Jennifer Lopez, além de uma série produzida pela Paramount, sobre a produção do filme “Poderoso Chefão”. Também foi demitido da sua agência.

Hammer se manifestou apenas uma vez sobre as denúncias, quando decidiu abandonar o primeiro filme, ainda em janeiro. “Eu não responderei essas besteiras que me acusam, mas devido ao ataques online, não estou em condições de abandonar meus filho para filmar por quatro meses na República Dominicana”.

Os advogados do ator e da ex-esposa não responderam aos questionamentos da Vanity Fair. Além de “Me Chame Pelo Seu Nome”, Hammer é famoso pelos filmes “A Rede Social” (2010), J. Edgar (2011), “O Cavaleiro Solitário” (2013) e “O Agente da U.N.C.L.E.” (2015).

+

Cinema