Ainda devendo, reforços precisam mostrar seu valor contra o Botafogo

Dos oito jogadores que chegaram ao Fluminense no meio do ano, apenas Digão se firmou no time titular e vem cumprindo seu papel

Kayke ainda não conseguiu marcar gols (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.)
Kayke ainda não conseguiu marcar gols (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.)

Com um elenco mais curto e carências em algumas posições, o Fluminense tentou se reforçar no meio do ano para suprir algumas de suas necessidades. Porém, viu poucos dos reforços darem resultado real até o momento. No ataque, o setor mais crítico atualmente, nenhum dos contratados conseguiu balançar as redes, um reflexo da crise ofensiva que passa o time.

Na zaga, Digão assumiu o papel de titular e ajudou a garantir a vitória contra o Defensor, do Uruguai, no Maracanã, pelo jogo de ida da Sul-Americana, e foi um dos poucos que deu resultado. Apesar de falhas pontuais, ele se mostrou uma boa aquisição para o Tricolor de Marcelo Oliveira.

Os atacantes Junior Dutra, Kayke, Luciano e Everaldo, apesar de mostrarem qualidades nas chances recebidas, estão devendo justamente no quesito que a equipe mais precisa: colocar a bola no gol. Entre os quatro, o último é o que teve melhor rendimento até o momento. Inclusive, foi um dos melhores no empate com o Vitória por 0 a 0.

A situação de Bryan Cabezas, Paulo Ricardo e o meia Daniel Simões é muito similar: nenhum deles teve oportunidade de atuar muito tempo pelo Flu. Enquanto os dois primeiros nem entraram em campo, o terceiro teve apenas alguns minutos contra o Cruzeiro e vem ficando fora até do banco, mesmo com a ausência de Sornoza.

Contra o Botafogo, os reforços que o Fluminense apostou tem a oportunidade de fazer valer o investimento do clube. O Flu está a três jogos consecutivos sem vitória e quer quebrar uma sequência de resultados ruins.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...