Eleição do Vasco: relatora suspende anulação e manda ação para juíza ‘da urna 7’, que decidirá o que será feito

No fim da tarde desta quarta, desembargadora Márcia Ferreira Alvarenga, da 17ª Câmara Cível TJRJ, entende conexão e manda caso para juíza Maria Cecília Pinto Gonçalves decidir

 Juíza que anulou a urna 7 irá decidir se irá anular ou não a eleição toda do Vasco. Confira a seguir a galeria L! - J RICARDO / AGENCIA FREELANCER
Juíza que anulou a urna 7 irá decidir se irá anular ou não a eleição toda do Vasco. Confira a seguir a galeria L! – J RICARDO / AGENCIA FREELANCER

A eleição do Vasco ganhou novo capítulo no fim da tarde desta quarta-feira. Desembargadora relatora Márcia Ferreira Alvarenga, da 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), deu uma decisão em conjunto e suspendeu provisoriamente a liminar, então proferida pela juíza Glória Heloíza Lima da Silva, da 28ª Vara Cível TJRJ, que anulava toda a última eleição do clube. A relatora entendeu conexão do caso com a ação que anulou a urna 7 no início deste ano, determinando a transferência da decisão para a juíza Maria Cecília Pinto Gonçalves, que terá de se pronunciar se anulará ou não a eleição toda e em quais condições.

> Confira a seguir a íntegra da decisão da desembargadora relatora!

*Novas informações em instantes

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...