Elogiado por Zé, Bochecha reclama: ‘A arbitragem quer aparecer mais do que os jogadores’

Volante do Botafogo saiu furioso com a arbitragem de Ricardo Marques Ribeiro, depois do empate entre o Glorioso e o Vasco, no Nilton Santos 

Bochecha, de 22 anos, chegou ao seu 14º jogo na temporada (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)
Bochecha, de 22 anos, chegou ao seu 14º jogo na temporada (Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

O Botafogo já avisou que entrará com uma representação na CBF contra o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, após o empate com o Vasco na última terça. A reclamação dos jogadores se deu por dois pênaltis não marcados na visão deles, e Bochecha, logo depois do 1 a 1, não escondeu a sua insatisfação.

– Foi um lance bobo, senti sozinho. Não deu nada. No jogo, criamos, foram dois pênaltis ali, acho que a arbitragem não ajudou e que aparecer mais do que os jogadores – comentou o volante, que deixou a partida após sentir dores no joelho direito durante o confronto no Nilton Santos.

Na entrevista coletiva, Zé Ricardo foi questionado acerca de Bochecha, que ainda será melhor avaliado para saber se terá condições de encarar o Ceará, na segunda-feira, em Fortaleza. O comandante também elogiou o jovem da casa.

– O Bochecha teve uma lesão muito grave assim que chegou ao profissional (no mesmo joelho direito). Tem uma preparação toda especial para ele nos treinamentos. Com ritmo de jogo e constância, tem tudo para evoluir. Ele tem muito talento e uma visão ampla do jogo. Vai produzir mais com a sequência, e o Botafogo ganha muito com isso – comentou o treinador.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...