Gabigol reclama de pênalti e diz que Renato Gaúcho o quer no Grêmio

Atacante diz que o Santos foi prejudicado por penalidade mal marcada sobre Rodrygo e revelou conversa com técnico do Tricolor depois de se desentenderem em campo

 Santos x Grêmio - LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Santos x Grêmio – LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Gabigol crê que o Santos foi prejudicado no empate em 0 a 0 sobre o Grêmio, na noite desta quinta-feira, no Pacaembu, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O árbitro Wilton Pereira não marcou pênalti sobre Rodrygo em uma entrada de Geromel na segunda etapa da partida.

Após o apito final, o técnico Cuca foi ao centro do gramado reclamar com a equipe de arbitragem sobre o lance.

– Foi pênalti, foi claro o lance. Lance é muito rápido, viram na TV e falaram. Fomos prejudicados. Poderíamos ter a chance de fazer 1 a 0 e ganhar o jogo – disse o atacante em entrevista à Premiere.

Além da penalidade não marcada, Gabigol se estranhou com Renato Gaúcho. O treinador “invadiu” o gramado e atrapalhou Gabriel em uma jogada, que não exitou em reclamar e ouviu do rival para que ele “diminuísse a marra”. Porém, a dupla se resolveu e o comandante pediu para Gabriel ir para o Grêmio.

– Teve um lance que ele (Renato Gaúcho) me atrapalhou, bola dentro e ele fora do campo. Conversamos, deu parabéns e falou para eu ir para o time dele – disse.

Gabriel tem 19 jogos na temporada e contrato de empréstimo com o Santos até o final da temporada.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...