Jones quer mais duas lutas contra Cormier: ‘Vou esmagar sua confiança’

Grande rival de Daniel Cormier, Jon Jones fala sobre o fato do lutador ostentar, agora, dois cinturões do UFC e projeta mais dois confrontos diante de 'DC'; saiba mais

Jon Jones projetou mais dois confrontos diante do seu maior rival, Daniel Cormier (FOTO: Divulgação/UFC)
Jon Jones projetou mais dois confrontos diante do seu maior rival, Daniel Cormier (FOTO: Divulgação/UFC)

Enquanto aguarda o seu retorno ao MMA, Jon Jones já mira um velho conhecido para a sua volta aos octógonos. Suspenso desde agosto de 2017 após cair no doping, o ex-campeão da categoria meio-pesado voltou a citar o nome de Daniel Cormier, que atualmente é o detentor de título de duas categorias no UFC.

Em entrevista ao site RT, Jones comentou sobre o feito que o algoz conseguiu recentemente, ao nocautear Stipe Miocic e se tornar o segundo lutador na história do UFC a segurar dois títulos ao mesmo tempo, sendo campeão dos meios-pesados e dos pesados.

– Na noite da luta, eu fiquei confuso. Primeiro, eu fiquei surpreso, depois fiquei desapontado, porque Daniel Cormier foi coroado campeão dos pesados e dos meios-pesados, e no meu coração, eu sei que o Cormier não é o campeão meio-pesado, então me incomodou de início – disse Jon.

– No outro dia, horas depois de acordar, percebi que não posso ser um ‘hater’. O sucesso de outra pessoa não tem nada comigo. O que Deus tem para o Cormier é o que tem para o Cormier, e o que ele tem pra mim é o que tem para mim, então precisei achar um lugar no meu coração para ficar feliz por ele -completou, mostrando felicidade pelo feito do arquirrival.

Apesar de ter mostrado uma leve compaixão pelo feito de DC, Jones exibiu o desejo de lutar contra Daniel mais duas vezes, com a intenção de lhe tomar os dois cinturões conquistados.

– Acho que ganhar em uma terceira vez faria algo com a confiança dele. Em sua cabeça, ele acha que ainda pode me bater, especialmente porque a luta estava franca quando o nocauteei. Quero esmagar a confiança dele. Quero deixar claro que serei o Cael Sanderson, que foi o wrestler que ganhou dele sete vezes, e serei o Cael Sanderson dele – atacou Jones.

– Indo para a nossa quarta luta, uma possível quarta luta pelo cinturão dos pesados, sua confiança não o deixaria no lugar certo, e acho que isso me ajudaria a vencê-lo pela quarta vez e tirar o cinturão dos pesados. Acho que sei o segredo dele – concluiu.

Jones e Cormier lutaram duas vezes. A primeira foi em 2015, no UFC 182, com Jon vencendo por decisão unânime e mantendo o cinturão meio-pesado. O reencontro foi em 2017, no UFC 214, com “Bones” novamente vencendo, desta vez por nocaute, e retomando o título que estava com Daniel. No entanto, a luta teve resultado alterado para “No Contest” após doping de Jones, e o cinturão retornou para as mãos de DC.

Quer ficar por dentro do mundo da luta? Clique e acesse o site da TATAME!

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...