Mancini reclama da falta de atletas italianos: ‘Poucos atuando no país’

Treinador criticou o excesso de estrangeiros no Calcio e a pouca qualidade dos italianos

Roberto Mancini já foi treinador de grandes equipes como Internazionale e Manchester City (Foto: Olivier Morin/AFP)
Roberto Mancini já foi treinador de grandes equipes como Internazionale e Manchester City (Foto: Olivier Morin/AFP)

No último fim de semana, o técnico Roebrto Mancini convocou a seleção italiana para os amistoso contra Polônia, em Bolonha, e Portugal, em Lisboa. A Azzurra que passa por um processo de reestruturação após deixar de disputar o Mundial da Rússia, viu seu comandante se queixar de alguns pontos em coletiva de imprensa dada nesta segunda-feira.

Dos 31 convocados, quatro são jogadores com idade inferior a 23 anos e Pellegri possui apenas 17 anos, mas foi cortado por lesão. O experiente treinador da equipe criticou a quantidade de estrangeiros atuando no país, afirmando que tem dificuldades para achar atletas de bom nível atuando em terras italianas.

– Nunca houve tão poucos italianos em campo. Tenho de ir à procura deles para os encontrar e por isso acabei por chamar tantos jogadores jovens, visando conhecer e perceber o que nos podem dar no futuro. Sei que nas camadas jovens existem jogadores muitos bons, mas é importante que joguem – disse o comandante italiano.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...