Neuton não pensa em “número mágico” para livrar Juventude do rebaixamento

Na visão do lateral, equipe precisa se concentrar em resultados positivos e não em percentual mínimo para seguir na Série B do Brasileirão em 2019

Foto: Arthur Dallegrave/Divulgação/Juventude
Foto: Arthur Dallegrave/Divulgação/Juventude

Restam sete rodadas para o término da Série B do Brasileirão e o Juventude está em penúltimo lugar com 32 pontos, mesmo número do Sampaio Corrêa que é o 16°. Porém, se para alguns isso fatalmente geraria motivo para o time começar a “fazer contas”, não é o que pensa o lateral-esquerdo Neuton.

O momento, na verdade, é de pensar unica e exclusivamente em conseguir vitórias nas próximas rodadas para não precisar ficar a todo momento utilizando a calculadora.

– É difícil prever um número mínimo de pontos para que a equipe se salve do rebaixamento. Não dá para ficar pensando nisso também. Temos que vencer o máximo de partidas possível para sairmos desta situação e para garantirmos o Juventude na Série B – falou o jogador de 28 anos de idade revelado nas categorias de base do Grêmio.

O compromisso que o Papo terá pela frente na temporada será em Goiânia frente ao Vila Nova, quinto colocado e somente à dois pontos do G4 que dá acesso a Série A em 2019. Situação essa que torna o cenário bastante complexo na visão de Neuton:

– O Vila Nova está na briga pelo acesso e jogar contra eles lá é sempre uma tarefa muito complicada, difícil. É um jogo em que não podemos errar para nos recuperarmos na tabela de classificação. Vamos procurar ter atenção para vencermos a partida. Enfrentaremos uma grande equipe, mas queremos a vitória.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...