Reunião para aprovação de contas de 2017 termina em pancadaria no Flu

Pauta a ser votada era a para aprovação das contas de 2017 da gestão Pedro Abad, mas reunião foi adiada devido a pancadaria entre conselheiros nas Laranjeiras

Reunião terminou em pancadaria nas Laranjeiras (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)
Reunião terminou em pancadaria nas Laranjeiras (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)

A reunião do Conselho Deliberativo do Fluminense foi marcada por verdadeiras cenas lamentáveis nesta terça-feira. A pauta era a aprovação, ou não, das contas em exercício de 2017 da gestão Pedro Abad. Entretanto, uma pancadaria generalizada nas Laranjeiras fez com que a votação fosse adiada e a sessão suspensa.

A confusão começou quando membros da oposição solicitam a reabertura das contas de 2016, válidas pela gestão Peter Siemsen. Entretanto, a Plenária decidiu que a reunião seguiria a convocação inicial e apenas as contas de 2017 seriam votadas. Após muito bate boca e animos exaltados, uma confusão generalizada tomou conta e conselheiros foram agredidos. Um deixou o local com o nariz sangrando após levar um soco.

Após a confusão, o presidente da mesa do Conselho Deliberativo, Fernando Leite, optou por suspender a reunião e não realizar a votação. Pela situação ser maioria, a tendência era que os números fossem aprovados, apesar do déficit de R$ 69 milhões nas contas. Ainda não há uma nova data definida para que a pauta seja discutida novamente.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...