Blumenau: 170 anos de gente

Para celebrar o aniversário de Blumenau, o nd+ conta histórias de quem faz a cidade acontecer todos os dias

Rostos conhecidos, outros nem tanto, mas que contribuem para o desenvolvimento e a história de Blumenau. Para celebrar os 17o anos da principal cidade do Vale do Itajaí, o nd+ conta um pouquinho da vida de quem escolheu Blumenau para chamar de sua, sendo nativo ou não, e faz a cidade acontecer todos os dias.

Confira quem são os personagens deste aniversário e clique nos links para ler as histórias:

Alda Niemeyer – Foto: Reprodução/Facebook

Alda Niemeyer é ícone vivo do radioamador no Vale do Itajaí

Aos 100 anos de idade, Vovó Alda, como é chamada pelos radioamadores, conta sua história de trabalho na comunicação durante as enchente de 1983 e 1984.

Roberto Fritzke – Foto: Moisés Stucker/NDTV

Um blumenauense raiz na Vila Itoupava

Roberto Fritzke é o criador da cuca gigante que celebra o aniversário de Blumenau no distrito mais alemão da cidade.

Sargento Junckes – Foto: Reprodução/Facebook

Humor e mobilização social são fórmula para alegrar e ajudar

Sargento Junckes se tornou um dos personagens mais populares de Blumenau ao unir piadas locais e relação com a comunidade.

Gavin Thompson – Foto: Reprodução/Facebook

Um gringo no Vale Europeu

Há três anos, o inglês Gavin Thompson trocou o Velho Continente pela “germânica” Blumenau por amor.

+

Cultura