Emmy 2020: veja as apostas do ND+ para a maior premiação da TV mundial

Convidado do ND+, o jornalista e produtor da NDTV Mikael Melo traz uma análise sobre as principais categorias do Emmy Awards e fala quem são os favoritos

Chegou a hora da final de Copa do Mundo dos amantes de séries de TV –  o Emmy Awards -, a maior premiação da televisão mundial. Equivalente ao Oscar para o cinema, a festa homenageia neste domingo (20) os programas e artistas que mais se destacaram no último ano.

Mesmo sendo um senhor com mais de 70 edições, o Emmy precisou se adaptar à pandemia e acontece de forma online. Ainda não sabemos como o esquema vai funcionar, mas os idealizadores já afirmaram que reuniram um time de profissionais para manter o brilho dos anos anteriores. Mas claro, sem deixar de lado as gafes e erros, como toda premiação de respeito.

Com apresentação do comediante Jimmy Kimmel, responsável por um dos principais talk shows americanos, o Emmy chega em 2020 com foco na representatividade e pode surpreender com o anúncio dos vencedores.

Pensando no bolão que você fez com os amigos, o nd+ preparou essa lista com as apostas para as principais categorias da noite:

MELHOR SÉRIE DE DRAMA

Pôster da segunda temporada de Succession  – Foto: Divulgação/HBO

Better Call Saul (AMC)
Killing Eve (BBC America)
Ozark (Netflix)
Stranger Things (Netflix)
Succession (HBO)
The Crown (Netflix)
The Handmaid’s Tale (Hulu)
The Mandalorian (Disney+)

Deve levar: Succession
Pode surpreender: Ozark

Depois de coroar a polêmica última temporada de Game of Thrones, o Emmy tem a missão de se redimir em 2020. Esqueça as queridinhas do público, como Stranger Things e Killing Eve, a disputa está entre dois titãs – Ozark e Succession.

A primeira, idealizada e estrelada por Jason Bateman, é aclamada pela crítica e entregou um excelente terceiro ciclo – apostando na violência e em reviravoltas na história. Desde o início, sempre foi indicada e já levou estatuetas de direção e atuação. Porém, este ano, a série corre um pouco atrás da maior concorrente, Succession.

O drama tinha tudo para afastar a audiência ao mostrar os bastidores de uma família bilionária, dona de um conglomerado de comunicação, mas fez justamente o contrário. Com um roteiro ágil e sarcástico, a produção entrega excelentes personagens, cheios de camadas. A série larga na frente ao abordar intrigas familiares dignas de novela, mas com o requinte da HBO.

MELHOR ATRIZ DE DRAMA

Atriz de Ozark é a favorita – Foto: Divulgação/Netflix

Jennifer Aniston (The Morning Show)
Jodie Comer (Killing Eve)
Laura Linney (Ozark)
Olivia Colman (The Crown)
Sandra Oh (Killing Eve)
Zendaya (Euphoria)

Deve levar: Laura Linney (Ozark)
Pode surpreender: Jennifer Aniston (The Morning Show) 

A excelente Jodie Comer dificilmente levará pela segunda vez seguida a estatueta para casa. Assim como a colega de elenco, Sandra Oh, por causa da fraca terceira temporada de Killing Eve.

Quem também corre por fora é Zendaya, surpresa na categoria. A jovem atriz entregou o melhor trabalho da carreira até então e pode ser a vencedora em próximas edições.

Na ponta dessa disputa estão Jennifer Aniston, Laura Linney e Olivia Colman. A primeira certamente ganharia se o voto fosse público. Querida pelos fãs de Friends, a atriz surpreendeu em um papel dramático e é muito bem relacionada em Hollywood. Será que ela conquista o segundo Emmy da carreira?

Olivia Colman, que deu vida à rainha Elizabeth, levou o Globo de Ouro pela personagem, com uma atuação delicada e rica em detalhes.

Apesar da excelência da britânica, Laura Linney é quem finalmente deve ganhar com sua multifacetada Wendy Byrde. Interpretando uma mulher infeliz e entediada, a personagem entra no mundo do crime e descobre novas habilidades.

MELHOR ATOR DE DRAMA

Kendall Roy, interpretado por Jeremy Strong, é destaque em Succesion – Foto: Divulgação/HBO

Billy Porter (Pose)
Brian Cox (Succession)
Jason Bateman (Ozark)
Jeremy Strong (Succession)
Sterling K. Brown (This Is Us)
Steve Carell (The Morning Show)

Deve levar: Jeremy Strong
Pode surpreender: Brian Cox 

Assim como a categoria feminina, a masculina conta com artistas de peso. Billy Porter, vencedor do ano passado, não deve fazer dobradinha – apesar de entregar momentos ímpares na segunda temporada de Pose.

Sterling K. Brown, vitorioso em 2017 e um dos principais atores do momento, é outro com poucas chances de aumentar a coleção de prêmios.

Jason Bateman poderia ser o favorito em 2020 se no seu caminho não estivesse a dupla implacável de Succession: Brian Cox e Jeremy Strong. Vivendo o patriarca da família Roy, Brian Cox tem a seu favor o Globo de Ouro desse ano e o respeito entre os votantes.

Porém, o intérprete de Kendall Roy é quem tem milímetros de vantagem. Entregando um personagem que oscila facilmente entre excitação e frustração, Jeremy Strong é dono da atuação mais poderosa do ano.

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA

Série sobre stand-up é destaque entre comédias – Foto: Divulgação/Amazon

Curb Your Enthusiasm (HBO)
Disque Amiga Para Matar (Netflix)
Insecure (HBO)
O Método Kominksy (Netflix)
Schitt’s Creek (Pop)
The Good Place (NBC)
The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon Prime)
What We Do in the Shadows (FX)

Deve levar: The Marvelous Mrs. Maisel
Pode surpreender: Schitt’s Creek 

Fleabag levando tudo nas categorias de comédia em 2019 foi uma grata surpresa, mas com a série de Phoebe Waller-Bridge fora do páreo, quem será a vencedora?

Logo de início, podemos tirar entre as favoritas Curb Your Enthusiasm, Disque Amiga Para Matar, O Método Kominksy e What We Do in the Shadows.

The Good Place e Insecure têm chances de ser azarões desse ano. A primeira pode ser coroada por estar encerrando a jornada. Já Insecure pode se fortalecer por tratar de temas tão importantes como o racismo.

Mas o prêmio deve ficar entre The Marvelous Mrs. Maisel e Schitt’s Creek. A história de Midge Maisel, mesmo na temporada mais fraca, tem como pontos fortes o roteiro ágil e inteligente de Amy Sherman-Palladino (Gilmore Girls) e o design de produção que faz a imersão dos espectadores em uma Nova York dos anos 50.

Diferentemente da maior concorrente, Schitt’s Creek só foi descoberta nas temporadas finais. Exibida em um canal de pouca expressão, a comédia ficou conhecida pelo estilo único e personagens cativantes.

MELHOR ATRIZ DE COMÉDIA

Veterana pode levar segundo Emmy da carreira – Foto: Divulgação/Pop

Catherine O’Hara (Schitt’s Creek)
Christina Applegate (Disque Amiga para Matar)
Issa Rae (Insecure)
Linda Cardellini (Disque Amiga para Matar)
Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)
Tracee Eliss Ross (Blackish)

Deve levar: Catherine O’Hara
Pode surpreender: Rachel Brosnahan

Tudo leva a crer que a experiente Catherine O’Hara terminará a noite com o tão sonhado prêmio em mãos, mas Rachel Brosnahan e Issa Rae são fortes competidoras.

Catherine, com Schitt’s Creek, pode repetir o feito de Fleabag no ano passado – série com popularidade de ascensão relâmpago com todos os elogios possíveis da crítica.

Rachel Brosnahan é dona de um carisma incomparável e já venceu a categoria em 2018 – interpretando a personagem com a doçura mais ácida que você verá na televisão.

Issa Rae, assim como Phoebe Waller-Bridge, é dona da própria série e é responsável por todo o processo criativo da produção. Trazendo temáticas sérias e necessárias para a comédia, a atriz vem forte em 2020.

MELHOR ATOR DE COMÉDIA

Ted Danson concorre pela temporada final de The Good Place – Foto: Divulgação/NBC

Anthony Anderson (Black-ish)
Don Cheadle (Black Monday)
Eugene Levy (Schitt’s Creek)
Michael Douglas (O Método Kominsky)
Ramy Youssef (Ramy)
Ted Danson (The Good Place)

Deve levar: Ted Danson
Pode surpreender: Eugene Levy 

Com uma lista recheada de veteranos, Ted Danson é um dos cabeças da categoria. Vivendo o apaixonante Michael de The Good Place, o ator foi destaque nos últimos meses ao participar de protestos com a atriz Jane Fonda.

Michael Douglas por si só já vale o destaque, mas ele corre por fora dessa vez. Ramy Youssef pode surpreender após ter levado o Globo de Ouro, mas Eugene Levy é quem tem mais chances de arrancar a estatueta das mãos de Ted Danson. Schitt’s Creek não veio para brincadeira em 2020.

MELHOR MINISSÉRIE

Minissérie aposta em crítica ao racismo – Foto: Divulgação/HBO

Inacreditável (Netflix)
Little Fires Everywhere (Hulu)
Mrs. America (Hulu)
Nada Ortodoxa (Netflix)
Watchmen (HBO)

Deve levar: Watchmen
Pode surpreender: Mrs. America

Chegamos no final das apostas com a categoria mais difícil da premiação. Como escolher a melhor minissérie no meio dessas gigantes? Bom, isso é o que os votantes precisam descobrir.

As 5 selecionadas têm em comum fatores muito positivos – são protagonizadas por mulheres e debatem temas sociais, como racismo, feminismo e abuso sexual.

Mrs. America entra facilmente no top 2. Estrelada pela multipremiada e sempre memorável Cate Blanchett, a série mostra as conquistas e desafios do movimento feminista nos anos 70, com um elenco que entrega única e exclusivamente atuações estonteantes.

Apesar disso, Watchmen é sim a melhor minissérie da temporada. Baseada na obra de Alan Moore e capitaneada por Damon Lindelof (Lost), a produção entrega uma versão única sobre super-heróis, com um texto repleto de metáforas e alegorias. Se você ainda não assistiu, corre, dá tempo de conferir antes do Emmy.

OUTROS DESTAQUES:

Elenco de Succession é favorito nas categorias de atuação – Foto: Divulgação/HBO

São muitas categorias para listarmos, mas vale destacar a de Melhor Atriz em Minissérie, que deve ficar com Regina King de Watchmen (HBO).

Além disso, os prêmios de coadjuvante em drama têm como favoritos os integrantes do elenco de Succession (HBO) – Kieran Culkin (Roman Roy) e Sarah Snook (Shiv Roy).

Para você que quer acompanhar a premiação, o Emmy Awards será exibido, ao vivo, neste domingo (20) a partir das 21h no canal TNT.

+

Cultura