Feira do Livro de Joinville é cancelada

Evento aconteceria virtualmente entre 4 e 7 de dezembro, mas coordenação descartou o formato e deve focar na programação para 2021

A tradicional Feira do Livro de Joinville foi oficialmente cancelada. O evento acontece desde 2003 e nunca deixou de ser realizado. Apesar disso, a coordenação descartou o modelo inicial pensado para viabilizar a realização durante a pandemia e deve focar em uma programação mais ampla para 2021.

Coordenação descartou o formato virtual e deve focar na programação para 2021 – Foto: Arquivo/ND

A 18ª edição foi adiada algumas vezes por conta da pandemia e chegou a ser pensada em formato virtual, que aconteceria entre os dias 4 e 7 de dezembro. Apesar disso, a organização avaliou que teria dificuldades técnicas  e “incertezas” e decidiu pelo cancelamento da edição.

De acordo com a diretora da Feira do Livro e presidente do Instituto da Cultura e Educação, Sueli Brandão, parte da programação já estava definida antes das restrições. Alguns autores e expositores já estavam confirmados.

“A Feira do Livro tem um compromisso de formar leitores e incentivar a leitura. O nosso cuidado é torná-la cada vez mais atraente, pois sentimos que estamos num momento de distanciamento do livro. Como diz Mário Quintana, ‘o mais triste é aquele que sabe ler e não lê’. Então, vamos buscar fazer em 2021 uma feira muito atraente, com novas atrações para toda a nossa cidade”

A organização mantém, para 2021, a homenagem prevista ao Rio Grande do Sul.

+

Cultura