Fabio Gadotti

fabio.gadotti@ndmais.com.br Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Florianópolis perde a atriz e diretora teatral Carmen Fossari

Ela dirigiu e produziu mais de 60 espetáculos em Santa Catarina

A atriz e diretora de teatro Carmen Fossari morreu na madrugada deste domingo (18),aos 66 anos,  em Florianópolis, vítima de infarto. Nascida na Capital catarinense, filha de Domingos Fossari e Irene Maria Belli Fossari, ela dirigiu e fundou o Grupo Pesquisa Teatro Novo, da UFSC, e recebeu inúmeros prêmios estaduais e nacionais.

Carmen Fossari – Foto: Divulgação/NDCarmen Fossari – Foto: Divulgação/ND

Carmen dirigiu e produziu mais de 60 peças teatrais e, como atriz,  atuou na minissérie “Ilha das Bruxas”, produzida pela TV Manchete e nos curtas metragens “Alva Paixão” de Maria Emília Azevedo;”Ilha” de Zeca Pires; no média metragem “Alma Açoriana” de Penna Filho e no longa metragem “Procuradas”.

Como dramaturga, recebeu prêmios nacionais pelos textos “Terra de Terrara” e “Engenho Engendrado, ambos de pesquisa lingüística e cultural das comunidades açorianas.

Carmen também escreveu enredos para escolas de samba de Florianópolis e  obras como “De Açores a Desterro – Uma Viagem Bruxólica” e“Isto ou Aquilo, com Sol ou Chuva”.

“Carmen Fossari foi vanguarda em tempos de retrocesso. Foi força, em tempos de resistência necessária. Foi alegria irradiante em tempos de decepção. Foi arte, contra a opressão. Foi sabedoria diante de tanta ignorância. Foi propulsora do teatro em contraponto à realidade inimaginável e devastadora”, escreveu o reitor Ubaldo Cesar Balthazar, em nome da UFSC.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...