FOTOS: Veja como ficou a restauração da Igrejinha da UFSC, em Florianópolis

Comunidade pode agora conhecer restauração do mural “Humanidade", do artista plástico Hassis

A primeira etapa da restauração da Igrejinha da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), em Florianópolis, foi inaugurada na segunda-feira (18). A comunidade agora pode revisitar o mural “Humanidade”, do artista plástico Hassis e restaurado por Márcia Regina Escorteganha.

Localizada no bairro Trindade, a Igrejinha, segundo a UFSC, será disponibilizada “à fruição da comunidade universitária e da cidade de Florianópolis, podendo receber apresentações artístico-culturais”. – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
1 6
Localizada no bairro Trindade, a Igrejinha, segundo a UFSC, será disponibilizada “à fruição da comunidade universitária e da cidade de Florianópolis, podendo receber apresentações artístico-culturais”. – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
Dentro da Igrejinha está o mural de Hassis, cujo restauro de Escorteganha foi concluído no fim de 2020, em meio à pandemia. O mural Humanidade foi entregue em 1978, como parte da reforma da Capela da Santíssima Trindade. Na época, a Universidade adquiriu o terreno e decidiu destinar o conjunto histórico para as artes. – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
2 6
Dentro da Igrejinha está o mural de Hassis, cujo restauro de Escorteganha foi concluído no fim de 2020, em meio à pandemia. O mural Humanidade foi entregue em 1978, como parte da reforma da Capela da Santíssima Trindade. Na época, a Universidade adquiriu o terreno e decidiu destinar o conjunto histórico para as artes. – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
“As pessoas vão se surpreender. A pintura do Hassis transcende a questão religiosa. Traz a cena do Apocalipse com uma qualidade de leitura estética fantástica. Não é sacra ou profana, é cultural, o artístico que jamais deixou de ser religioso”, afirmou a restauradora, na ocasião do lançamento. – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
3 6
“As pessoas vão se surpreender. A pintura do Hassis transcende a questão religiosa. Traz a cena do Apocalipse com uma qualidade de leitura estética fantástica. Não é sacra ou profana, é cultural, o artístico que jamais deixou de ser religioso”, afirmou a restauradora, na ocasião do lançamento. – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
A construção original É de 1853. A segunda etapa de restauro, conforme a universidade, contemplará a criação de salas de apoio e instalação de sanitários na Igrejinha – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
4 6
A construção original É de 1853. A segunda etapa de restauro, conforme a universidade, contemplará a criação de salas de apoio e instalação de sanitários na Igrejinha – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
Na foto, o reitor Ubaldo Balthazar em frente ao mural. Sobre a obra, p coordenador do DAC (Departamento Artístico e Cultural), Zeca Nunes Pires, lembrou o estranhamento que o mural Humanidade produziu ao ser inaugurado, por ser considerado profano – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
5 6
Na foto, o reitor Ubaldo Balthazar em frente ao mural. Sobre a obra, p coordenador do DAC (Departamento Artístico e Cultural), Zeca Nunes Pires, lembrou o estranhamento que o mural Humanidade produziu ao ser inaugurado, por ser considerado profano – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
A reforma da Igrejinha, iniciou em janeiro de 2019, a um valor contratado de R$ 259.820,65, – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
6 6
A reforma da Igrejinha, iniciou em janeiro de 2019, a um valor contratado de R$ 259.820,65, – Foto: Maykon Oliveira/Agecom/UFSC
+

Cultura

Loading...