Fundação Senhor dos Passos realiza campanha para aumentar acervo de museu em Florianópolis

Estruturação da obra está pronta; próximo passo é montar o design da exposição museológica

O casarão que compõe o conjunto arquitetônico do Imperial Hospital de Caridade, em Florianópolis, edifício histórico catarinense que já data 150 anos, foi utilizado no século 20 como “Asilo para Lázaros”, durante o surgimento da lepra. É ali que será instalado o primeiro Museu Fármaco Hospitalar de Santa Catarina, que teve sua criação formalizada em assembleia geral da Fundação Senhor dos Passos.

Era frequente no século 20 a remodelação dos espaços públicos para possibilitar mais higiene às pessoas. A criação de locais para isolamento de doentes passou a ser vista como indispensável à saúde das comunidades urbanas.

Hospital de Caridade abrigará o primeiro museu fármaco hospitalar de SC – Foto: Divulgação/NDHospital de Caridade abrigará o primeiro museu fármaco hospitalar de SC – Foto: Divulgação/ND

Além de leprosário, o local já foi usado para realizar procedimentos cirúrgicos, também servindo como enfermaria, lavanderia, dormitório das moças/enfermeiras e creche para atender as famílias que trabalhavam no hospital.

Construído em 1850, o espaço abriga a sede da Fundação Senhor dos Passos, que tem como uma de suas principais atribuições proteger o patrimônio histórico, artístico, cultural, natural e religioso da Irmandade do Senhor Jesus dos Passos.

Após diversas reformas e até ampliações que o modificaram para adequá-lo às necessidades do momento, o espaço agora entra em uma nova fase.

Estão sendo feitos o trabalho de seleção e inventariado dos objetos que irão fazer parte desse acervo. Mais de 1.800 peças reunidas até o momento no acervo são testemunhas materiais do pensamento científico-tecnológico dos séculos 19 e 20.

Apetrechos médicos dos séculos 19 e 20 – Foto: Divulgação/NDApetrechos médicos dos séculos 19 e 20 – Foto: Divulgação/ND
Apetrechos médicos dos séculos 19 e 20 – Foto: Divulgação/NDApetrechos médicos dos séculos 19 e 20 – Foto: Divulgação/ND

Os objetos revelam não só as transformações ocorridas no âmbito das práticas sanitárias, mas também nas relações de trabalho, no Imperial Hospital de Caridade, primeira Santa Casa de Misericórdia da Capitania de Santa Catarina e primeiro hospital civil da Vila do Desterro.

O projeto está captando recursos, e por isso os responsáveis vieram a público pedir para aqueles que tenham alguma foto ou outro registro da procissão e do próprio hospital, ou que por ventura tenha sido atendido no local, afim de preservar essa história nos enviando-os o material.

O Museu será aberto ao público dentro de um período de dois anos, assim que estiver concluída a elaboração do projeto expográfico, que consiste no conceito e design da exposição museológica.

O projeto foi realizado através da Captação de Recurso pela Lei Rouanet.

A Fundação Senhor dos Passos

Criada em 25 de outubro de 1995, a Fundação é uma entidade sem fins lucrativos que realiza ações na área cultural e de assistência à saúde.

O Imperial Hospital de Caridade foi o primeiro hospital de Santa Catarina a implementar a Biblioterapia, um ato que promove a leitura para efeitos terapêuticos, contribuindo no fortalecimento da cultura do atendimento humanizado.

É por meio dos livros que os pacientes encontram um refúgio para seus medos, angústias, tristezas e a ansiedade que acompanham as doenças dos pacientes.

Além disso, ela também é responsável pela Procissão do Senhor dos Passos, que há quase 250 anos a Procissão do Senhor dos Passos ganha as ruas do centro da capital catarinense como símbolo de fé e história.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Cultura

Loading...