Cacau Menezes

cacau.menezes@ndtv.com.br Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Histórias pra contar

Amor e criatividade: quem é papai vai entender essa

Tenho uma filha de 6 anos que adora ouvir histórias na hora de dormir. O “combinado” aqui em casa é esse: escovar os dentes, passar o fio-dental, bochecho, beijo na mãe, cama, rezar, história e soninho. Parece complicado e geralmente é. O detalhe é que ela anda exigente nos últimos tempos. Antes eu lia uma historinha de um livro e ela amava; depois começou a pedir histórias “inventadas da cabeça, pai”. Por mais de um ano, criamos juntos personagens, situações e aventuras. Eu achava o máximo. Que saudade.

Eu e a pequena Theodora – Foto: Marcelo CabralEu e a pequena Theodora – Foto: Marcelo Cabral

Nas últimas semanas ela começou a “cobrar’ uma melhor interpretação minha, das vozes e características dos personagens inventados. “Pai, o Jací não fala assim com essa voz. É mais alto. Outra coisa pai, você tá trocando as vozes, esse não é o Juquinha”. Ok, entendido. Vamos para o take 2. Faz uns três dias, que ela elevou o nível da criatividade, pedindo para eu contar “histórias verdadeiras tuas e da mamãe que aconteceram quando eu não era nascida”. Boa sorte aos futuros papais.

Eu e a pequena Theodora – Foto: Marcelo CabralEu e a pequena Theodora – Foto: Marcelo Cabral

Interino: Marcelo Cabral

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...