Ministro do Turismo entrega restauração do acervo da Casa Candemil em Laguna

Após investimentos de R$ 539 mil, documentos históricos voltarão a estar disponíveis para consulta de pesquisadores e da população

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, entregou na sexta-feira (15) a restauração do acervo documental da Casa Candemil, em Laguna, no Sul de Santa Catarina. Os investimentos de R$ 539 mil virão do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Ministro do Turismo entrega restauração da Casa Candemil, em Laguna – Foto: Divulgação/NDMinistro do Turismo entrega restauração da Casa Candemil, em Laguna – Foto: Divulgação/ND

“Estamos entregando dia após dia obras, como igrejas e pórtico, que são locais que ficarão por décadas gerando emprego e renda para estas cidades. Contem com o Ministério do Turismo para a preservação dos patrimônios culturais brasileiros”, disse o ministro.

Com a entrega da restauração, a população terá acesso a um novo conjunto de arquivos, que passou por desinfecção,  mensuração, higienização mecânica e reparação.

Além disso, os documentos foram encadernados e acondicionados, tornando-se acessíveis para a realização de pesquisas e consultas públicas.

Momentos da visita do Ministro do Turismo à Casa Candemil, em Laguna – Fotos: Roberto Castro/MTur/Divulgação/NDMomentos da visita do Ministro do Turismo à Casa Candemil, em Laguna – Fotos: Roberto Castro/MTur/Divulgação/ND

Casa Candemil

Restaurado pelo Iphan, em 2019, o local foi adaptado e mobiliado para receber o acervo documental, que é composto por uma  variedade de arquivos históricos, desde documentos referente aos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e Cartorial da cidade a projetos arquitetônicos e urbanos do início do século 20.

Registro da Casa Candemil de Laguna em 2020 – Foto: Taís Sutero/Gecom/Divulgação/NDRegistro da Casa Candemil de Laguna em 2020 – Foto: Taís Sutero/Gecom/Divulgação/ND

“É um acervo de fundamental importância por reunir uma parte da história de Laguna, da região Sul e da formação do Brasil como nação. E agora o Arquivo está novamente à disposição de pesquisadores e da população em geral”, comentou a presidente do Iphan, Larissa Peixoto.

História

Construída na metade do século 19, a Casa Candemil passou por diversos proprietários no decorrer do tempo. Em 1997, foi doada ao Iphan, que restaurou o prédio e cedeu à Prefeitura de Laguna, para abrigar o Arquivo Público.

Essa instituição foi criada em 1908, com o objetivo de guarda e dar tratamento técnico a todo documento de interesse para a história, cultura e o desenvolvimento científico de Laguna e de Santa Catarina.

+

Cultura

Loading...