Berbigão do Boca 2022 está confirmado; saiba quando será a festa e quem será homenageado

Diretoria do evento, que foi cancelado devido à pandemia em 2021, confirmou a edição do próximo ano, com direito a eleição da nova Rainha do Berbigão do Boca e um novo personagem entre os bonecos

O Berbigão do Boca, festa que começa o Carnaval de Florianópolis, está oficialmente confirmado para 2022. A informação foi divulgada pela diretoria do bloco na última sexta-feira (15). Devido à pandemia de Covid-19, os bonecos de figuras ilustres da Capital não tomaram, as ruas do Centro da cidade em 2021.

Cortejo dos bonecos gigantes no bloco do Berbigão do Boca em Florianópolis – Foto: Flavio Tin/Arquivo/NDCortejo dos bonecos gigantes no bloco do Berbigão do Boca em Florianópolis – Foto: Flavio Tin/Arquivo/ND

“Ficou mais uma vez confirmada a festa, que acontecerá em 18 de fevereiro de 2022, comemorando os 30 anos de vida do Berbigão do Boca, sendo definida a avenida Paulo Fontes como local de sua concentração”, comunicou a diretoria do Berbigão do Boca. O evento é realizado em parceria com a Prefeitura de Florianópolis.

Duas semanas antes da festa, no dia 3 de fevereiro, acontece a também tradicional eleição da Rainha do Berbigão do Boca, no vão central do Mercado Público. Além de ter uma nova representante na corte do bloco em 2022, outra novidade é o boneco produzido para esta edição. O 41º homenageado será o campeão dos desfiles de fantasia de carnaval, Oswaldo Gonçalves, mais conhecido como Dico.

“Campeoníssimo de concursos de fantasia de luxo, ele participou ativamente da história do Carnaval da Ilha por mais de 60 anos. O Dico colaborou ativamente para a formatação do Carnaval de Florianópolis como o conhecemos hoje. Montou carros alegóricos, confeccionou fantasias, decorou salões, desfilou nas ruas e nos clubes”, destacou a diretoria do bloco.

A organização do Berbigão do Boca relembrou a trajetória de Gonçalves, que era funcionário público aposentado da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e ganhou fama com a coleção de títulos nos concursos de fantasia de luxo, inclusive o de hors-concours.

“Morador do Morro do Céu, no Centro de Florianópolis, ele não guardou nenhum paetê. Os trajes foram doados e as fotos e os troféus estão no acervo cultural do Clube Doze de Agosto. Dico morreu aos 80 anos, em março de 2021, vítima do coronavírus”, informou a diretoria.

Confira mais informações na reportagem do Balanço Geral Florianópolis.

+

BG Florianópolis

Loading...