Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Policia Militar inaugura marco sobre a visita do Papa João Paulo II a SC

Monumento está instalado no Centro de Ensino da PM-SC

O comandante da Policia Militar, cel. Dionei Tonet, inaugurou ontem o segundo marco sobre a visita do Papa João Paulo II a Santa Catarina nos dias 17 e 18 de outubro de 1991, portanto, há 30 anos.

Arcebispo Dom Wilson abençoou o marco na PM-SC – Foto: Marcelo PassamaiArcebispo Dom Wilson abençoou o marco na PM-SC – Foto: Marcelo Passamai

O primeiro registro foi materializado pelo cel. Paulo Roberto Fagundes de Freitas, no ano da presença do Papa, que desceu de helicóptero no Centro de Ensino da PM, na Trindade. O segundo, um monumento simples de material, contém uma placa de aço em homenagem a visita. Presença do arcebispo Dom Wilson Jönck e de outras autoridades.

O cel. Freitas lembrou que a primeira homenagem, por sua iniciativa, foi inaugurada pelo falecido coronel Uriarte, então Comandante do Centro de Ensino da PM.  Freitas foi um dos oficiais a receber o Papa quando desceu no Centro de Ensino da Policia Militar(foto).

Cel. Freitas resgata fatos da visita papal a SC – Foto: ArquivoCel. Freitas resgata fatos da visita papal a SC – Foto: Arquivo

Omissão

Santa Catarina é o único Estado do Brasil que destruiu todas as edificações e eventos que marcaram a primeira visita de um Pontífice ao Estado.  Até a gigantesca cruz de ferro, que imortalizaria a solenidade de beatificação de Madre Paulina no aterro da Baia Sul, foi retirada e atirada nos depósitos de lixo da Comcap.

Em incontáveis países, existem cruzes, monumentos, estátuas e outros marcos da visita de João Paulo II.  Eventos que são incluídos nos roteiros dos guias turísticos.

30 anos de passaram. E não tivemos um prefeito ou governador que se sensibilizasse com o fato histórico e o preservasse para outras gerações.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...