Marcos Cardoso

A sociedade da Grande Florianópolis, os eventos culturais e as tradições da região analisadas pelo experiente jornalista Marcos Cardoso.


Retrô: Neide Mariarrosa canta no Golden Room do Copacabana Palace

Foto: Casa da Memória/FCFFC/Divulgação/ND

Neide Mariarrosa e Paulo Marques, em 1968, no espetáculo “Sua Excelência, o Samba”, que ficou em cartaz por cerca de um ano, no Golden Room do Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

Nascida em Florianópolis, em 11 de abril de 1936, a maior cantora manezinha se mudou em 1965 para a capital fluminense, amadrinhada por Elizeth Cardoso, A Divina, com quem morou.

Lá, desfrutou da proximidade com grandes nomes da música brasileira e se apresentou em diferentes casas de espetáculos.

Sua volta definitiva à Ilha, em 1971, foi marcada pela descoberta de um câncer de mama, e depois nos ossos. Ainda assim, continuou sua dedicação à música.

Neide morreu em 4 de setembro de 1994, aos 58 anos.