Sabrina Aguiar

sabrina.aguiar@ndtv.com.br Coluna sobre os assuntos de Joinville e região. A economia, segurança pública, política e todos outros fatos por quem vive e pensa sobre as cidades.


Um dos maiores nomes da cultura gaúcha homenageado em festejos farroupilhas em Joinville

Tito Harger era um idealizador da cultura gaúcha e faleceu em abril deste ano, mas será lembrado na abertura da Semana Farroupilha

Logo mais Joinville fará a abertura oficial dos Festejos Farroupilha, neste sábado (18) e para marcar a forte presença da cultura gaúcha na cidade, uma homenagem merece destaque a um dos grandes idealizadores do tradicionalismo: o empresário João Francisco Harger que por anos representou o CTG Chaparral.

Conhecido como Tito Harger, ou o Titão, tinha na veia o empreendedorismo com empresa de transporte coletivo, mas no dia a dia, um apaixonado pela cultura originária do Rio Grande do Sul. Ainda na década de 70 criou na Estrada da Ilha, Distrito de Pirabeiraba, o que hoje é o CTG Chaparral. Ali foi realizado o I Rodeio de Joinville.

Tito Harger, Joinville, – Foto: Arquivo Pessoal/NDTito Harger, Joinville, – Foto: Arquivo Pessoal/ND

No mesmo ano, foi realizado o II Rodeio Crioulo, com mais infraestrutura e apoio no época do então prefeito Luis Henrique da Silveira. De lá para cá, o rodeio se consolidou definitivamente e por 40 anos os rodeios do CTG Chaparral foram sinônimos de sucesso de participantes e competidores.

Titão trouxe não só um evento, mais uma nova realidade cultural geradora de emprego e renda. Até hoje Joinville cultiva e preserva a cultura gaúcha com canchas de laço e grupos folclóricos que se tornaram realidade. Conquistas que o fizeram ser homenageado no Paraná, Santa Catarina e com Título de Cidadão Honorário de Joinville, por ter sido o idealizador da cultura gaúcha em Joinville. Em 2020, no Rodeio Internacional da Vacaria, Titão foi homenageado pelos relevantes feitos na preservação da Cultura Gaúcha no Brasil.

Quem o conheceu sabe, onde ele passava deixava sua marca, com muitos amigos, amava a lida de campo, foi um bom laçador e músico, além de empreendedor incansável e luta por Joinville.

Titão faleceu em abril deste ano, aos 83 anos  vítima de Covid-19. João Francisco Harger chegou a ficar internado 16 dias, mas não resistiu às complicações da doença. Com ele, ficam as inspirações e força para os tradicionalistas gaúchos homenageados nesta Semana Farroupilha.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...